segunda-feira, 26 de agosto de 2013

SE ENTREGA HOMEM ACUSADO DE ATIRAR E MATAR SARGENTO EM CAMPINA GRANDE

(Fim da linha: preso acusado de matar o sargento
Se entregou a Polícia Civil no início da noite desta segunda-feira (26/08), Diego Pereira de oliveira, 24 anos.
Ele é acusado de atirar, a “queima roupa”, no Sargento Noaldemir Alves Borges, 48 anos, na tarde deste domingo (25/08) dentro de uma panificadora na Avenida Almirante Barroso, no bairro Jardim Quarenta.
As negociações começaram no inicio da tarde entre as delegadas Maira Roberta, Cassandra Duarte com a mulher e a mãe de Diego.
Segundo informações, não confirmadas pela Polícia Civil, as policiais convenceram os familiares do acusado de que seria “mais prudente ele se entregar”.


(Diego também já teve os cabelos claros)
Depois de muita negociação por telefone, o assassino acabou convencido.
Ele teria dito que pensou em cometer suicídio.
Outra informação é que ele conseguiu cerca de 400 reais para fugir de Campina Grande, porém “achou melhor” desistir.
Diego foi preso em um ponto de ônibus na Rua XV de novembro no bairro da Palmeira, armado com um revólver.


(Diego já foi preso outras vezes) 
Ontem mesmo (25), em uma invasão da comunidade São Januário em Bodocongó, a polícia prendeu um dos acusados: Rumenigue Porciano de Souza, de 25 anos, deficiente físico.
De acordo com a polícia ele é o proprietário do carro que foi usado para dar fuga aos assassinos e era Rumenigue quem conduzia o veículo que é adaptado para deficientes.

(Rumenigue: o motorista)
Um menor de 17 anos, primo dele, foi apreendido.
De acordo com a polícia ele foi quem ficou encarregado de roubar os pertences dos clientes no estabelecimento.







Nenhum comentário:

Postar um comentário