quarta-feira, 18 de setembro de 2013

“PEGANDO EM PESO”: DUPLA TENTA ASSALTAR AGÊNCIA DOS CORREIOS E ACABA PRESA PELA POLÍCIA CIVIL

(Acusados: "visita nada lucrativa  em Olivedos)
Damião André da Costa, 20 anos, e Luís Paulo Oliveira, de 26, não tiveram uma tarde nada agradável na cidade de Olivedos, curimataú paraibano.
Eles tentaram assaltar a Agência dos Correios e foram flagrados pelo Delegado Fernando Zocolla e seus agentes (Martins Júnior e Moisés Rodrigues).
Damião, quando viu os policiais, tentou disparar, mas a polícia “respondeu”.
Ninguém saiu ferido.
Luís Paulo ainda ficou dentro da agência, por pelo menos dez minutos, com uma refém.
Depois pensou “bem” e se entregou.
Por pouco eles não foram linchados. 
Eles moram em Pocinhos.
Um já cumpriu pena por roubo e outro por tentativa de homicídio.
A dupla estava armada com revólveres calibres 32 e chegaram à cidade numa moto.

VEJA O VÍDEO: SEGURANÇA DE PIZZARIA QUE FOI BALEADO GARANTE: “QUEM ATIROU EM MIM FOI RODOLFO”.

O segurança Aílton José de Morais, 40 anos, vítima de tentativa de homicídio na noite desta terça-feira (17/09), não corre risco de morte!
Ele está internado do Hospital de Trauma, após sofrer dois tiros de revólver na cabeça (um foi de raspão).
Aílton estava na frente da pizzaria onde trabalha na Rua Santo Antônio (mesmo bairro), em Campina Grande, quando foi atingido pelos disparos.
O crime é atribuído a uma dupla numa motocicleta.
Na manhã desta quarta-feira (18) ele disse à imprensa que o acusado é conhecido como “Rodolfo”.
O motivo é que quatro meses atrás ele evitou que Rodolfo e outro comparsa assaltassem o estabelecimento.
O acusado disse que se vingaria e cumpriu.

video

INVASÃO DE CASA: BANDIDOS NÃO RESPEITARAM NEM FREIRA DE 80 ANOS. OUTRA VÍTIMA TINHA 82



As invasões das três casas no bairro São José em Lagoa Seca no início da noite desta terça-feira (17/09) revelaram o alto índice de periculosidade, covardia e frieza da quadrilha comandada por uma bandida.
Durante cerca de uma hora, cinco mulheres e um adolescente de 15 anos foram humilhados, torturados psicologicamente e ameaços de morte.
As residências são de pessoas da mesma família e ficam em um só terreno.
Um policial militar mora no local, mas estava trabalhando.
Na manhã desta quarta-feira (18) duas irmãs de 80 e 82 anos respectivamente deram declarações dolorosas, na Patrulha da Cidade/TV Borborema, dos momentos de angústia e aflição que passaram nas mãos da escória.

POLÍCIA CIVIL DE CAMPINA GRANDE PRENDE CASAL EM PERNAMBUCO ACUSADO DE TENTAR VENDER A FILHA

(Taíssa: queria na verdade,  vender a filha)
A Polícia Civil de Campina Grande prendeu na noite desta terça-feira (17/09), na região metropolitana de Recife, um casal acusado de negociar a venda da própria filha, de apenas dois anos de idade, por 3.500 reais e um notebook.
Taíssa Biscácio Pontes, 23 anos e Paulo Ricardo de Araújo Fidalgo, de 41, foram presos no metrô de Jaboatão dos Guararapes pelas equipes das duas Delegacias da Infância com o apoio da Polícia Civil pernambucana.
De acordo com a delegada Nercília Dantas, a denúncia chegou ao conhecimento da polícia no final da manhã desta terça-feira, e a entrega da criança seria feita às 17h00, no local indicado pela denunciante.
“Tivemos que nos deslocar muito rápido para prendê-los em flagrante”.
O trabalho de investigação começou quando uma mulher procurou a Polícia Civil e o Ministério Público em Campina Grande, informando que um casal estava oferecendo a filha no Facebook, numa página que trata de adoções.
“Como a denunciante é uma pessoa interessada pelo assunto, achou estranho o procedimento do casal e passou a fingir que queria ficar com a criança. No decorrer das conversas na rede social, a denunciante percebeu que o casal queria mesmo era vender a menina, e não entregar a quem quisesse adotá-la”, comentou Nercília.


(Paulo Roberto: procurado no R. de Janeiro)

MULHER DE PRESO É FLAGRADA COM MACONHA NA VAGINA. ELA TENTAVA ENTRAR COM DROGA NA PENITENCIÁRIA MÁXIMA



Na manhã desta quarta-feira (18/09), por volta das 10h00, “A.M.S.”, de 29 anos, foi presa em flagrante após tentar entrar na Penitenciária Máxima do Complexo Serrotão, em Campina Grande, com 150g de maconha.
Ela iria visitar o companheiro que está preso por assalto.
Durante a revista íntima, uma Agente Penitenciária percebeu o nervosismo da mulher.
Não deu outra: a droga estava escondida dentro da vagina, envolta em preservativos e saquinhos plásticos.
Segundo o diretor da Penitenciária, Anselmo de Vasconcelos, “A.M.S.” foi encaminhada para a 5ªDD e vai responder por tráfico de droga.
Ela teve a carteira de visita apreendida.