mj

mj

domingo, 13 de outubro de 2013

“SEM FREIO”: QUADRILHA INVADE MAIS UMA CASA EM CAMPINA GRANDE. BANDIDOS AINDA CHUPARAM MANGA


Quatro bandidos armados invadiram mais uma casa em Campina Grande.
Desta vez a ação criminosa aconteceu na Rua Joaquim Zeca Silva, Conjunto Sandra Cavalcanti, Catolé.
Os ladrões roubaram um carro, 600 reais, nove relógios, uma TV, lenções, calçados e cordão de ouro.
As vítimas (quatro pessoas) foram trancadas em um cômodo, enquanto a escória cometia o crime de roubo.
Os ladrões ainda se deram ao direito de “lanchar” na casa.
Tanto é que chuparam uma manga e deixaram restos sobre a cama.
O crime ocorreu por volta das 21h00 da sexta-feira (11/10).


MORTE DE VEREADOR EM SERRA BRANCA: POLÍCIA PRENDE MAIS UM SUSPEITO

("Déa":  vereador morto em Serra Branca)
A polícia prendeu na madrugada deste domingo (13/10) um homem suspeito de participar do assassinado do vereador Geraldo Caetano “Déa”.
Leandro Teixeira é motorista e foi detido na cidade de Petrolina (PE).
Ele é o terceiro a ser preso por suspeita de envolvimento no crime.
O vereador Déa foi morto a tiros por um homem, que teve a cobertura de outro que o aguardava em uma moto para ser utilizada na fuga.
Segundo informações do delegado Rodrigo Monteiro, Leandro confirmou ser uma das pessoas flagradas pelas câmeras de um posto de combustíveis no dia do crime e disse que estava lá “a procura de uma pessoa”, sem confirmar de quem se tratava.
Ele foi preso em uma operação das polícias civil da Paraíba e de Pernambuco.

ASSALTANTE USAVA NOME DO IRMÃO PARA EVITAR SER RECONHECIDO. CONTRA ELE HAVIA MANDADO DE PRISÃO POR HOMICÍDIO EM CAMPINA GRANDE

 
(Risomar: se identificou como Ribamar)
Além de queda, coice.
O mecânico Risomar Francisco da Silva, 26 anos, quis ser esperto demais, mas não teve sorte.
Quinta-feira (10/10) ele, José Antônio dos Santos e Cícero da Silva foram presos no Sítio Mata Pasto, zona rural de Caturité, cariri paraibano, após uma tentativa de assalto frustrada e desmantelada.
Eles tentaram roubar um caminhoneiro.
Os três estavam em um celta de cor prata e bruscamente se aproximaram da vítima que trafegava com o caminhão pela rodovia.
O caminhoneiro percebendo a tentativa de interceptação e assalto, não contou conversa: jogou o carro pra cima do celta dos acusados que “descontrolado”, acabou batendo.

“DE VOLTA PARA O ACONCHEGO”: PM RECAPTURA FORAGIDO DA JUSTIÇA

(João Cruz: recapturado em Queimadas)
Uma guarnição da Força Tática, composta pelo sargento Alfredo, soldados W. Silva, Silva Reis e Alessandro recapturou João da Cruz Pinto, 39 anos.
Desde maio que havia quebrado o albergue e já estava fazendo roubos a moto nas cidades de Queimadas e Fagundes, agreste paraibano.
A prisão aconteceu no Sitio Serra da Laranjeira, zona rural de Queimadas.
A guarnição fazia rondas e se deparou com  em um bar tomando “brejeira” com mortadela.

João da Cruz foi reconduzido para o aconchego, ou seja a Cadeia Pública de Queimadas.

SENADOR CÁSSIO DIZ QUE CAMPINA VIVE CLIMA DE INSEGURANÇA

(Cássio: "insegurança em Campina preocupa")
O senador Cássio Cunha Lima concedeu rápida entrevista por telefone ao Jornal de Verdade/Rádio Cidade Esperança, na manhã de sexta-feira (11/10), oportunidade em que parabenizou Campina Grande pelo seu aniversário e falou de política (sem se aprofundar).
Perguntado pelo Jornalista Juarez Amaral se ele era candidatíssimo ao cargo de governador, Cássio evitou polemizar e “não disse que sim, nem que não”.
“Tenho evitado falar sobre esse tema. Este é um ano de trabalho. E por falar em trabalho quero parabenizar Cícero Lucena pelo seu esforço no senado”, comentou o senador.
Cássio foi bastante generoso com seu adversário Vital do Rego.

HOMEM É PRESO COM 53 QUILOS DE CRACK E COCAÍNA. DROGA ESTÁ AVALIADA EM UM MILHÃO DE REAIS


(Homem foi preso em flagrante no sertão)
Cinquenta quilos de crack e três quilos de cocaína foram apreendidos neste sábado (12/10), na BR-230, em Cajazeiras, no sertão paraibano.
A apreensão foi feita por policiais federais, com apoio da Polícia Militar.
A droga vinha da cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, e estava sendo transportada em uma caminhoneta S10.
Tudo seria distribuído na região do Sertão.


 (Crack e cocaína apreendidos)

“MOFADO E CARA DE CAVALO” FOGEM DE CADEIA E DEIXAM CARTA DIZENDO QUE HAVIAM CUMPRIDO AS PENAS


(José Leandro "Cara de Cavalo")
Dois presos fugiram da Cadeia Pública de Picuí, no Curimataú da Paraíba, na madrugada desta sexta-feira (11/10). De acordo com o diretor da cadeia, Fabiano Sales, os detentos escaparam pelo telhado do prédio.
Os prisioneiros serraram duas grades da cadeia e após removerem parte do telhado da cela, fugiram.
(Material encontrado na cela)
São eles: José Carlos Souto de Oliveira, o “Mofado”, que responde por homicídio e José Leandro Afonso de Oliveira, o “Cara de Cavalo”, que responde por roubo.
Foram apreendidas serras e uma corda de fabricação caseira, feita com lençóis.
Ainda não se sabe como as serras entraram na cadeia.


(Presos fugiram pelo telhado)
Os fugitivos deixaram uma carta relatando que já haviam cumprido a pena a mais de dois anos e a justiça ainda não havia dado parecer do caso.
(Blog novapalmeira; fotos: clickpicui)

EM TRÊS ANOS DELEGACIA JÁ PRENDEU CERCA DE 200 PESSOAS ACUSADAS DE ROUBO E FURTO EM BANCOS

(Henry Fábio: "canetada" em 200 acusados)
Nos últimos três anos, somente a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) da Polícia Civil em Campina Grande prendeu e indiciou cerca de 200 pessoas ligadas a crimes de furtos qualificados com utilização de explosivos a caixas eletrônicos.
A informação é do delegado da DRF, Henry Fábio.
Segundo ele, a Polícia Civil da Paraíba é uma das que mais apresentam resultados positivos no combate a essa modalidade criminosa.
“É um número extremamente expressivo. Para termos uma ideia, basta dizer que a capacidade da Penitenciária Padrão de Campina Grande, por exemplo, não chega a 200 vagas. Então, é como se somente a DRF lotasse aquele presídio apenas com assaltantes de banco”, enfatizou o delegado.

“SEM FREIO”: QUADRILHA INVADE MAIS UMA CASA EM CAMPINA GRANDE. BANDIDOS AINDA CHUPARAM MANGA


Quatro bandidos armados invadiram mais uma casa em Campina Grande.
Desta vez a ação criminosa aconteceu na Rua Joaquim Zeca Silva, Conjunto Sandra Cavalcanti, Catolé.
Os ladrões roubaram um carro, 600 reais, nove relógios, uma TV, lenções, calçados e cordão de ouro.
As vítimas (quatro pessoas) foram trancadas em um cômodo, enquanto a escória cometia o crime de roubo.
Os ladrões ainda se deram ao direito de “lanchar” na casa.
Tanto é que chuparam uma manga e deixaram restos sobre a cama.
O crime ocorreu por volta das 21h00 da sexta-feira (11/10).