terça-feira, 26 de novembro de 2013

VEJA O VÍDEO: MULHER PERDOA JOVEM QUE ASSASSINOU O FILHO DELA


Maria Nice, mãe de Daniel da Silva, assassinado em dezembro de 2012 na Zona Sul de João Pessoa, ficou cara a cara com o acusado do crime, Alisson Lima dos Santos, durante coletiva de imprensa realizada na Central de Polícia em João Pessoa, nesta terça-feira (26/11).
Maria Nice perdoou o assassino!
Foram apresentados quatro jovens suspeitos de assassinatos e outros crimes na Capital paraibana
Alisson foi um deles.

PARAIBANO CONSIDERADO O MAIOR LADRÃO DE BANCOS DO NORDESTE É PRESO EM ALAGOAS

(Rivonaldo e Cláudio: presos em Alagoas)
Policiais militares e civis conseguiram impedir o sequestro do gerente do Banco do Brasil da cidade de Arapiraca, Agreste de Alagoas, na segunda-feira (25/11).
De acordo com as polícias, o paulista Cláudio Marcelo Rinco, 44, e o paraibano Rivonaldo Bezerra Leite, 43, que é conhecido como o maior ladrão de bancos do Nordeste, estavam em um veículo Celta de cor preta na porta da agência aguardando saída do gerente, quando foram abordados pelos policiais.
As investigações apontam que os suspeitos fazem parte da quadrilha, que no dia 31 de outubro, manteve o gerente e o tesoureiro do Banco do Brasil do município de Delmiro Gouveia como reféns e levaram uma alta quantia em dinheiro.
Essa modalidade de crime é conhecida como “sapatinho”, onde os criminosos mantêm os gerentes de banco e suas famílias reféns enquanto realizam o roubo.

EVITOU ACIDENTE, SAIU DA PISTA E CAPOTOU


O motorista de um veículo Prisma teve bastante sorte na tarde desta terça-feira (26/11) na Alça Sudoeste (BR-230), nas mediações do antigo lixão, em Campina Grande.
O carro que ele conduzia capotou várias vezes e pegou fogo.



Além do susto, o homem, teve apenas ferimentos leves.
Ele informou a Polícia Rodoviária Federal que após evitar um acidente, capotou e conseguiu sair rapidamente do veículo.

PM MORRE EM ACIDENTE ENTRE MARI E GUARABIRA, NO BREJO PARAIBANO

(Veículo que era conduzido pelo sargento Asilvan)
Na noite desta segunda-feira (25/11), uma colisão frontal envolvendo dois veículos na PB-073, entre as cidades de Mari e Guarabira, deixou uma pessoa morta e outra ferida.
O Sargento Asilvan Benício de Sá, que morava no bairro Mangabeira, em João Pessoa, morreu na hora.


(Veículo conduzido por Antônio)

STJ DECIDE QUE IGREJA CATÓLICA DEVE INDENIZAR MENOR QUE SOFREU ABUSO SEXUAL


O Superior Tribunal de Justiça decidiu manter a decisão que condenou a Igreja Católica a pagar indenização de “100 mil reais” a um menino que sofreu abusos sexuais.
O abuso foi cometido por um padre da Mitra Diocesana de Umuarama/PR, em 2002, quando a vítima tinha 14 anos.
Os ministros entenderam que uma entidade religiosa é a responsável civil pelos crimes sexuais cometidos por religiosos da denominação contra menores.
A decisão foi divulgada nessa segunda-feira (25/11).
Os ministros da Terceira Turma do STJ julgaram um recurso da Mitra Diocesana contra decisão do Tribunal de Justiça do Paraná que também reconheceu a responsabilidade solidária da igreja e determinou o pagamento da indenização.

CRIME EM FRENTE À CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPINA: POLÍCIA IDENTIFICA ACUSADO DE ASSASSINAR JOVEM. ELE ESTÁ PRESO POR ASSALTO

(Delegado Assis: ouviu oito testemunhas sobre o crime)
O delegado Francisco de Assis Silva (Homicídios/Campina Grande), afirmou na manhã desta terça-feira (26/11) que o acusado de assassinar o jovem Afonso Luís filho, 20 anos, na madrugada de 20 de outubro, em frente à Câmara Municipal de Campina Grande, é Emanuel Fernandes dos Santos, de 19 anos, preso recentemente pelo assalto uma Farmácia da Rede Dias, no bairro Malvinas.
(Emanoel: acusado de assalto e agora de homicídio)
O delegado chegou ao nome do acusado após ouvir oito testemunhas que afirmaram “categoricamente” se tratar de Emanuel, o homem que atirou em Afonso.
O motivo do crime teria sido um boné.
“A vítima estava lanchando e usava um boné. De repente o acusado teria se dirigido a ele de forma brusca, se referindo ao boné. Afonso teria dito algo, ou teria ignorado o acusado que de pronto, atirou à queima roupa. Posso de dizer que o crime foi banal”, afirmou o policial.
O delegado Assis disse ainda que a prisão de Emanoel, pela Roubos e Furtos, por causa do assalto a farmácia, foi extremamente importante.
“Quando as pessoas souberam que ele se encontrava preso, nos procuraram para confirmar a acusação de assassinato. Através das fotografias e das imagens dele (em entrevista) veiculadas na TV, não restaram mais dúvidas”.

O CRIME

CORPO CARBONIZADO É ENCONTRADO NAS MALVINAS


Um corpo carbonizado foi encontrado na Avenida Plínio Lemos, por volta das 10h00 desta terça-feira (26/11), nas Malvinas em Campina Grande.
Moradores ligaram para a polícia militar e informaram que no “terreno, onde passa a linha da Chesf, em frente ao Mercado Público e Unidade de Saúde, havia alguém morto”.
A polícia confirmou o caso.


"HOMICÍDIOS" EM BUSCA DOS ASSASSINOS DE DOIS HOMENS EM CAMPINA

(Cúpula da Homicídios em Campina Grande)
A polícia civil está investigando os dois homicídios ocorridos neste final de semana em Campina Grande (dias 23 e 24/11) nos bairros Jeremias e Ramadinha.
No sábado à noite no bairro Jeremias, na Rua São Cosme, foi assassinado com nove tiros de pistola, o albergado (regime semiaberto) Diego Tavares dos Santos, 22 anos.


(Diego: morto no Jeremias)
O crime foi cometido por dois homens que estavam a pé.
De acordo com a mãe de Diego, dois meses atrás, ele sofreu duas tentativas de homicídio e durante dois anos cumpriu pena por “porte ilegal de arma” (?).
O rapaz deixou um filho de três anos e a mulher com cinco meses de gravidez.
Já no domingo pela manhã, Adriano Morais de Farias, 29 anos, foi morto a pedradas na Ramadinha.
Ele teve esmagamento de crânio.