mj

mj

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

POLÍCIA CIVIL APREENDE CIGARROS PARAGUAIOS EM QUEIMADAS


A polícia civil em Campina Grande apreendeu 15 caixas de cigarros contrabandeados de origem paraguaia.
A carga foi apreendida com um comerciante na cidade de Queimadas, na tarde desta quinta-feira (02/01).
O homem pagou uma fiança estabelecida em “5.792 reais” e vai responder pelo delito em liberdade.
Em menos de trinta dias a DRF realizou quatro apreensões de cigarros contrabandeados (três em Campina Grande e uma em Queimadas).


LADRÕES ASSALTAM AÇOUGUE NO MÉDICI E MERCADINHO NO LIGEIRO

A polícia militar registrou dois assaltos na tarde desta quinta-feira (02/01) em dois estabelecimentos nos bairros Presidente Médici e Ligeiro.
Às 13h30, o alvo foi um açougue na Rua Dr. Francisco Brasileiro, no bairro Presidente Médici.
A proprietária informou que dois homens com armas de fogo chegaram ao local e anunciaram o assalto, roubando a quantia de “100 reais”.
A dupla fugiu em uma moto de cor preta com destino ao bairro Três Irmãs.

LADRÃO ARMADO COM UMA FACA INVADE ÔNIBUS E ASSALTA MOTORISTA

Um ônibus da Expresso Nacional foi assaltado na manhã desta quinta-feira (02/01) no bairro Santo Antônio, em Campina Grande.
Os passageiros não foram importunados.
A vítima foi o motorista, segundo o fiscal da empresa.      
A abordagem ocorreu no “ponto final do Santo Antônio”.
O bandido estava armado com uma faca, vestindo camisa preta e  usava um boné.
Ele chegou numa bicicleta, anunciou o assalto e roubou uma quantia não revelada.



PARAIBANA LUCY ALVES É CONTRATADA PELA GRAVADORA UNIVERSAL MUSIC


A paraibana Lucy Alves fechou contrato com uma das maiores gravadoras do Brasil, a Universal Music. 
A revelação foi feita pelo pai da cantora.
Ele disse ainda que agora em janeiro ela começará uma turnê onde subirá em palcos de todo o país.
Lucy, que era do time de Carlinhos Brown, chegou a final do reality show The Voice Brasil.

PARAÍBA REGISTROU 1.537 HOMICÍDIOS EM 2013; MAIS DE 100 MULHERES FORAM MORTAS

Na Paraíba em 2013 foram assassinadas 1.537 pessoas (cinco a menos que em 2012).
As informações foram divulgadas pela Assessoria de Ações Estratégicas do Núcleo de Análise criminal e Estatística da Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social.
92% das vítimas foram do sexo masculino e 8% do sexo feminino (aproximadamente 123 mulheres).


(João Pessoa: Queda de três homicídios em relação 2012)
João Pessoa registrou 515 homicídios (em 2012 foram 518).
Em Campina Grande foram 184 assassinatos (14 mortes violentas a mais que em 2012, que registrou 170).

2013: CRESCEU 8% O NÚMERO DE HOMICÍDIOS EM CAMPINA GRANDE; BODOCONGÓ E CATOLÉ FORAM OS BAIRROS MAIS VIOLENTOS

Por Artur Augusto*

A maioria dos homicídios registrados na cidade de Campina Grande em 2013 estava ligada ao mundo das drogas e a motivos fúteis, que são os casos que começam, por exemplo, durante uma bebedeira entre amigos.
De acordo com os dados da Secretaria de Segurança e Defesa Social, as metas estabelecidas para o ano de 2013, que era a redução de 10% no número de homicídios, não foram atingidas. Com 184 assassinatos registrados, o ano de 2013 apresentou um aumento de 8% no número de homicídios, enquanto que em 2012 ocorreram 170 assassinatos na cidade.
Conforme dados da Polícia Civil, dos 184 homicídios, também chamados de CVLI (Crimes Violentos Letais Intencionais), 15 vítimas foram mulheres e 12 dos casos foram elucidados.
O índice de elucidação geral para o ano de 2013 chegou a 61%, superando a média nacional que é de 8%.
(Delegada Maíra Roberta)

2014: DOIS HOMICÍDIOS EM CAMPINA GRANDE NO PRIMEIRO DIA DO ANO

Dois homicídios foram registrados em Campina Grande, no primeiro dia de 2014.
Os crimes ocorreram nos Bairros Mutirão e Santa Rosa.
As vítimas não tinham passagens pela polícia.
A primeira morte violenta ocorreu na Rua João Batista da Silva, no Mutirão.
O pedreiro José Ailton Paz dos Santos, de 34 anos, foi assassinado a pedradas e pauladas.
O homicídio ocorreu na madrugada, por volta 02h00.

CASAS ARROMBADAS EM CAMPINA: LADRÕES LEVAM COMPUTADORES, CARRO E TVS

 
A polícia registrou três arrombamentos em residências de Campina Grande no primeiro dia de janeiro de 2014, e nesta quinta-feira, dia 02.
Os crimes ocorreram nos bairros Cruzeiro, Mirante e Catolé.
No Cruzeiro, na Rua Pedro Siqueira de Luna, um jovem de 25 anos, denunciou que na manhã desta quarta-feira (01) encontrou sua casa arrombada.
De lá foram roubados: um notebook da marca Samsung, um relógio e uma televisão de plasma.