mj

mj

sábado, 8 de fevereiro de 2014

EM CAMPINA: LADRÕES INVADEM CASA NO BAIRRO SANTA ROSA



Uma casa na Rua Gilson Marinho Silva, bairro Santa Rosa, em Campina Grande, foi invadida na noite desta sexta-feira (07/02) por uma quadrilha formada por três homens e uma mulher.
O crime aconteceu às 21h00.
Os bandidos aproveitaram que o portão estava aberto e entraram na residência com facilidade.
Os ladrões portavam armas de fogo.
Os três homens realizaram a “limpa” no local enquanto a mulher ficou na parte externa dando cobertura.
Quatro pessoas teriam sido vítimas da ação.
Foram roubados: celulares, TV e um veículo.


IDENTIFICADO JOVEM ASSASSINADO POR CÚMPLICE EM TENTATIVA DE ASSALTO


Foi identificado na noite desta sexta-feira (07/02), no Núcleo de Medicina e Odontologia Geral de Campina Grande, o jovem assassinado em uma tentativa de assalto na zona rural de Alcantil, cariri paraibano.
Trata-se de Miqueias do Carmo Oliveira, 22 anos, que morava no Conjunto Novo, em Boqueirão, também no cariri.
Na tarde da quinta-feira (06) ele e um "amigo", tentaram assaltar o agricultor Suetônio Antenor de Farias, de 40 anos, que reagiu e entrou em luta corporal.

LADRÕES FAZEM ARRASTÕES EM BARES DE CAMPINA E PUXINANÃ; LOJA NO CENTRO E POSTO DE GASOLINA TAMBÉM FORAM ALVOS


O centro Integrado de Operações policiais (CIOP) registrou a invasão de dois bares em Campina Grande e em Puxinanã, na região metropolitana, na noite desta sexta-feira (07/02).
O primeiro caso aconteceu na Rua Sergipe, bairro Liberdade, em Campina Grande, por volta das 20h00.
O proprietário, de 60 anos, informou à polícia que dois assaltantes com armas de fogo, aparentemente menores de idade, entraram no estabelecimento e fizeram a “limpa”.
Foram roubados celulares, relógios e carteiras dos clientes.
A escória fugiu em uma moto Shineray de cor vermelha, também de um dos clientes.


Pouco tempo depois, a polícia foi comunicada que uma ação semelhante havia ocorrido em um bar na cidade de Puxinanã, às 21h00.
A proprietária contou que dois bandidos com armas de fogo chegaram ao local numa motocicleta de cor verde e “foram logo” pedindo dinheiro.
Ela disse que “não tinha dinheiro”, mas teve que entregar um celular.
Não satisfeitos, a dupla roubou dois clientes.
Deles foram levados “600 reais” e dois celulares.

EX-JOGADOR DE FUTEBOL ACUSADO DE ENVOLVIMENTO EM ASSALTO NA CIRETRAN É COLOCADO EM LIBERDADE

 
Ivanildo Ferreira, ex-jogador de futebol, de 34 anos, disse que viveu 48 horas infernais!!!
Quarta-feira (05/02) ele garantiu que teve a moto roubada e o veículo foi usado no assalto ao correspondente bancário na CIRETRAN em Campina Grande.
Ivanildo acabou preso acusado de participar do crime, passou uma noite em um dos xadrezes da Central de Polícia e na quinta-feira (06) foi transferido para o Presídio Padrão.
Nesta sexta-feira, às 15h00, ele conseguiu a liberdade.
O Alvará de Soltura foi assinado e concedido pelo juiz Ely Jorge Trindade da 1ª Vara Criminal da Comarca de Campina Grande.
Na sua versão, o ex-jogador disse que foi assaltado no bairro Três Irmãs, por dois homens (um deles encapuzados) no momento em reduzia a velocidade da moto para passar sobre um quebra-molas.
A dupla roubou a moto.