mj

mj

domingo, 9 de fevereiro de 2014

SHOPPING POPULAR EM CAMPINA GRANDE É INTERDITADO APÓS INCÊNDIO

 
O incêndio registrado no shopping popular, na manhã deste domingo (09/02), no Centro de Campina Grande, gerou a interdição preventiva do prédio por tempo indeterminado.
O primeiro andar ficou em chamas e o Corpo de Bombeiros levou menos de uma hora para apagar o fogo.
Algumas lojas tiveram destruição total e outras foram parcialmente atingidas. 
Uma reunião do prefeito Romero Rodrigues com secretariado, bombeiros e lojistas pretende prevenir futuros problemas e discutir o caso.
Os bombeiros acreditam inicialmente na hipótese de curto-circuito.


FOI COBRAR DÍVIDA E ACABOU BALEADO NAS NÁDEGAS

 
Um jovem de 23 anos, morador da Rua Manoel Alves do Nascimento, no Jardim Paulistano, em Campina Grande, foi atingido com um tiro de revólver nas nádegas.
A tentativa de homicídio aconteceu por volta das 11h50 deste sábado (08/02), no sítio Capim Grande, zona rural de Campina.
O pai dele disse que foi fazer uma cobrança, na companhia do filho, quando foram “recebidos à bala”.
Eles não sabem a quem atribuir o crime.
Além das nádegas, o rapaz também acabou ferido com um disparo no pé esquerdo.


PEDREGAL EM PÉ DE GUERRA: RIXA ENTRE “PEIXEIROS E RATOS” DEIXA SALDO DE TRÊS MORTOS EM PRAIA DA CAPITAL

 
Três pessoas foram assassinadas, neste domingo (09/02), na Praia do Seixas, em João Pessoa, por volta das 11h00.
As vítimas são de Campina Grande e moravam no Pedregal.
Os homens foram mortos com tiros de pistola no momento em que bebiam em um bar.
O acusado fugiu numa moto.
Um dos mortos é Isaías Feitosa de Amorim Neto.
Os outros dois são conhecidos por Jorge e Messias.

FOI POR POUCO: BOMBEIROS EVITAM INCÊNDIO DE GRANDES PROPORÇÕES NO SHOPPING POPULAR

 
O Corpo de Bombeiros Militar de Campina Grande evitou o que seria, COM CERTEZA, o maior incêndio nesta cidade.
Na manhã deste domingo (09/02) cerca de 40 homens controlaram o fogo que se alastrava por lojas do “Shopping Centro” Edson Diniz.



Quatro lojas foram completamente consumidas pelas chamas.
O fogo começou por volta das 05h30, de acordo com um funcionário que chamou os Bombeiros.
A parte atingida fica abaixo da praça de alimentação (onde funcionou o restaurante popular).

JOVEM DE 22 ANOS É ASSASSINADO A TIROS APÓS DISCUSSÃO

 
Rafael Gonçalves de Oliveira, 22 anos, que morava no sítio Tambor, em São José da Mata, Distrito de Campina Grande, foi assassinado com três tiros em um bar na comunidade Arruda, em Pocinhos, agreste da Paraíba, no final da tarde deste sábado (08/02).
O jovem ainda recebeu os socorros do SAMU, mas não resistiu.
Os disparos atingiram o rosto e o tórax.
Testemunhas disseram à polícia que pela manhã a vítima e o acusado já haviam discutido seriamente no bar.

FARRA INTERROMPIDA: AGENTES PENITENCIÁRIOS E POLICIAIS FAZEM MAIS UMA LIMPEZA NA MÁXIMA

 
Uma operação de segurança no Presídio Padrão Regional de Campina Grande (Máxima) detectou que os detentos não aliviam.
Nas celas deles foram encontrados dezenas de objetos, além de um balde com “produtos” para fabricar a pior cachaça artesanal de todos os tempos já produzida num presídio deste país.