quarta-feira, 22 de outubro de 2014

EM CAMPINA: POLÍCIA REGISTRA TRÊS HOMICÍDIOS EM MENOS DE 24 HORAS

(Daniel Sousa Batista e Tiago Diniz Santos)

Três homicídios foram registrados em menos de 24 horas em Campina Grande.
Dois ocorreram no bairro Bodocongó e o terceiro na zona rural.
Em Bodocongó, as mortes têm ligação.
Por volta das 20h30 da noite desta terça-feira (21/10), Tiago Diniz dos Santos, de 26 anos, ajudante de pedreiro, foi encontrado ferido, só de cueca, próximo a UFCG.
Ele foi socorrido pelo SAMU para o Hospital de Trauma, mas não resistiu.
Tiago morreu vítima de um tiro nas costas.
Já na madrugada desta quarta-feira (22) a polícia encontrou próximo a linha férrea, na Rua Bento Figueiredo, o corpo de Daniel Sousa Batista, de 19 anos.
O jovem foi assassinado a tiros e com golpes de punhal, garantem familiares.
O corpo dele estava a poucos metros de onde Tiago foi encontrado agonizando.
Tiago era casado com a sogra de Daniel e moravam no bairro Araxá, na Rua Rubenita Wanderley.
Familiares disseram que eles saíram juntos na noite da quarta-feira e acusam policiais militares pelas mortes.
O coronel Lívio Delgado, comandante do 2ºBPM não acredita no envolvimento de policiais.

Pela manhã, às 10h20, foi assassinado com quatro tiros em uma estrada do sítio Tambor, no Distrito de  São José da Mata, Magno Mário Pereira dos Santos, de 21 anos.
Os disparos atingiram a cabeça e tórax do jovem.
Ele foi surpreendido quando pedalava uma bicicleta.
Magno morava na Rua Maria Hungria Costa Pereira, em São José da Mata.
No local, ninguém viu nada.
Os três homicídios estão sendo investigados pelo delegado Antônio Lopes.

VEJA O VÍDEO: ARROMBADOR ATUA COM TRANQUILIDADE EM MERCADINHO NO CATOLÉ

VEJA O VÍDEO
video
Um mercadinho na Rua João Quirino no bairro Catolé, em Campina Grande já foi assaltado e furtado várias vezes.
Em uma semana o estabelecimento foi arrombado duas vezes pelo mesmo ladrão.
A imagem mostra ele furtando moedas e cédulas.
O mercadinho está localizado na Rua João Quirino, próximo a Central de Polícia e a Força Tática.
Quem souber informações do ladrão entrar em contato com a Delegacia de Roubos e Furtos para ver se o rapaz “toma jeito”.