quinta-feira, 30 de outubro de 2014

POLÍCIA JÁ TEM PISTAS DE QUADRILHA QUE REALIZOU ARRASTÃO EM ÔNIBUS DE ESTUDANTES

A polícia em Campina Grande já tem pistas dos quatro assaltantes que invadiram um ônibus da empresa São José e assaltaram quatro estudantes.
O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (29/10).
O veículo estava estacionado na frente da Faculdade Maurício de Nassau, no Bairro Liberdade.
Os ladrões entraram no ônibus e obrigaram o motorista a conduzi-lo até um local da Avenida Vigário Calixto, no Bairro Catolé.
No trajeto a quadrilha realizou a limpa.
Havia aproximadamente trinta estudantes, no entanto só quatro deles teriam sido roubados.
Desastrados, os ladrões deixaram uma mochila e alguns celulares.
O comandante do 2ºBPM, coronel Lívio Delgado, disse que "encontramos um celular dentro carro e quando fomos averiguar o conteúdo do equipamento, várias fotos existiam no aparelho. Quando mostramos as vítimas, todas o reconheceram como um dos assaltantes”.
O caso agora está com a delegacia de Roubos e Furtos.

VEJA O VÍDEO: ASSALTARAM FARMÁCIA E FORAM FILMADOS

 VEJA O VÍDEO


video
Dois jovens entraram numa farmácia na Avenida Elpídio de Almeida, no Bairro Catolé, em Campina Grande e praticaram um assalto.
O crime aconteceu na quarta-feira (29/10), às 16h21.
Foi muito rápido, mas o bastante para causar medo, pânico e a sensação de total impotência nos funcionários.
Levaram pouco dinheiro e deixaram um recado:
“Vamos voltar, pois estamos levando muito pouco”.

SAINDO ERRADO: DUPLA PRATICOU ASSALTO EM OFICINA, DEU DE CARA COM POLICIAL CIVIL E ACABOU PRESA

(Acusados por pouco não apanharam mais)
Alexander Pereira Aragão, de 30 anos, e Márcio Barbosa da Silva, de 33, foram presos em flagrante após assaltarem uma oficina no Jardim Paulistano, em Campina Grande, no final da manhã desta sexta-feira (30/10).
No momento chegava ao local um policial civil.

Os dois acusados já estavam em uma moto se preparando para fugir e um deles sacou de um revólver para atirar no agente que foi mais rápido e disparou primeiro.
O tiro não atingiu o assaltante que fugiu correndo.
O comparsa dele “não se mexeu” e foi amarrado pelo policial que depois, com a ajuda de PMs, saiu em perseguição ao fugitivo.

Este, por sua vez, tentou esconder a arma numa outra oficina.
De nada adiantou, acabou preso.
Populares enfurecidos aplicaram uma surra em um deles.
A mesma dupla, de acordo com o coronel Lívio Delgado, comandante do 2ºBPM, foi presa por porte ilegal de arma no mês de Agosto. 

DESTA VEZ NÃO: DUPLA TENTA ASSALTAR CORREIOS EM PUXINANÃ E TROCA TIROS COM VIGILANTE; UM FOI FERIDO E OUTRO ACABOU PRESO



Uma tentativa de assalto a Agência Correios em Puxinanã, na grande Campina, acabou com um acusado preso e outro ferido. Tudo aconteceu por volta das 08h10 desta quinta-feira (30/10).
De acordo com testemunhas o crime foi praticado por dois homens em uma motocicleta de cor branca.
Houve troca de tiros entre os assaltantes e o vigilante.
Ele foi atingido com um tiro na mão, mas feriu um bandido que conseguiu fugi.r
O outro acusado foi rendido pelo segurança e entregue à polícia militar.
No momento havia aproximadamente seis pessoas na agência e muita movimentação na frente do prédio
O assaltante que fugiu rendeu um mototaxista que passava no local e lhe tomou a moto para em seguida entrar numa caminhonete que estaria dando cobertura.
O acusado preso tem 21 anos, mora na Liberdade, em Campina Grande e trabalha na Alpargatas.
Ele negou a participação no crime e disse que foi visitar uma garota na cidade.
O jovem alegou que foi rendido e obrigado a pilotar a moto para um assaltante.
A polícia militar disse que ele está envolvido.
“Foi ele quem atirou e feriu o vigilante”.