Menu

domingo, 22 de março de 2015

AGENTE PENITENCIÁRIO, FILHO DE DELEGADO, É ENCONTRADO MORTO DENTRO DE UM RIO; ELE ESTAVA COM AS MÃOS AMARRADAS

A Polícia Civil identificou como sendo de um agente penitenciário do Presídio Feminino Júlia Maranhão, em João Pessoa, o corpo que foi encontrado boiando no Rio Jaguaribe na tarde deste domingo (22/03), próximo a comunidade “Vale das Palmeiras”, no Cristo, zona oeste da Capital.
A vítima tinha as mãos amarradas as costas e a cabeça coberta por uma camisa, o que pode indicar, segundo a Polícia Militar, uma execução.
Segundo o agente Alisson, da Delegacia de Homicídios da Capital, a vítima é filho de Ivonilton Wanderley Coriolano, ex-gerente do Sistema Penitenciário da Paraíba.
De acordo com o aspirante Raniere, do Batalhão da Cavalaria, a PM soube da localização do corpo através de uma ligação anônima.
“Recebemos uma ligação anônima nos informando que teria visto o corpo boiando no rio. Fomos ao local e constatamos a veracidade, solicitando apoio do Corpo de Bombeiros para retirar a vítima do rio”, afirmou o aspirante.
Ainda segundo o aspirante, os indícios são de que o homem tenha sido vítima de execução, pelas características do crime.
“Por estar com as mãos amarradas para trás e com a cabeça coberta acreditamos que a vítima tenha sido morta por execução, mas ainda não temos mais detalhes”, concluiu.
(portalcorreio)
INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES
Nome da vítima: Ivonilton Wanderley Coriolano Júnior, 38 anos.
No corpo, segundo perícia, não foi constatado nenhum tipo de perfuração de arma de fogo ou de arma branca (faca), mas um corte próximo à nuca.
A vítima teria sido afogada.
A polícia procura um homem conhecido por “gato morto” que pode esclarecer o caso.
(renatodiniz.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário