Menu

quarta-feira, 20 de maio de 2015

CRIME NA ESCOLA MAJOR VENEZIANO: HOMEM QUE CUMPRIA PENA ALTERNATIVA VAI PRESTAR DEPOIMENTO SOBRE MORTE DO PROFESSOR E ACABA PRESO. SAIBA O MOTIVO


Josuélio dos Santos, que cumpria pena alternativa (prestando serviços) na Escola Estadual Major Veneziano, foi preso pela polícia civil na tarde desta terça-feira (19/05) após prestar depoimento como testemunha da morte do professor de Educação Física, Eraldo César de Araújo, 48 anos, morto com um disparo de espingarda calibre “12” no último dia 12 de maio.
A pena alternativa era por porte ilegal de arma.
Para a surpresa dele havia um Mandado de Prisão, expedido no dia 15 de maio, por roubo (que ele estava respondendo), de acordo com a polícia civil.
No dia do homicídio Josuélio e Eraldo estariam usando roupas idênticas.
Comentou-se que o professor foi confundido com Josuélio.
Ele AFIRMOU EM DEPOIMENTO QUE NÃO VINHA SOFRENDO AMEAÇAS.
O delegado Francisco de Assis Silva (que preside o inquérito) em contato com o renatodiniz.com na noite desta quarta-feira (20/05), afirmou que “Josuélio disse que não vinha sofrendo ameaças; disse vive em paz com todo mundo, porém disse que estava de calça jeans, camisa vermelha e boné preto e que o professor estava trajando essas roupas neste dia”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário