Menu

sábado, 13 de junho de 2015

ACUSADO DE CAUSAR ACIDENTE QUE VITIMOU A NAMORADA USAVA CARTEIRA DE HABILITAÇÃO FALSA, DIZ PC

João Artur Alves, 23 anos, suspeito de provocar propositalmente um acidente de trânsito que matou a namorada dele, de 17, está agora envolvido em outra situação complicada.
Diz a polícia que a carteira de habilitação que ele usava era falsificada.
Reportagem neste sentido foi veiculada pelo Jornal da Paraíba, versão online, desta sexta-feira (12/06).
Os agentes da Delegacia de Acidentes de Veículos realizaram uma consulta no número da CNH e foi constatado que o registro não existe.
ENTENDA O CASO
Na quarta-feira (10) João Arthur Alves foi preso por policiais da Delegacia de Acidentes em cumprimento ao Mandado de Prisão Temporária expedido pelo 1º Tribunal do Júri de Campina Grande.
Ele é acusado de causar propositadamente a morte de Nayara Ellen em um acidente no dia 07 de março, na rotatória do Viaduto Elpídio de Almeida.
Durante as investigações, segundo a polícia, surgiram indícios de que o jovem teria provocado o acidente.
Na ocasião ela estava pilotando uma motocicleta.
Relatos são de que a vítima estaria sendo perseguida pelo namorado e que este teria até mesmo chegado a colidir levemente na traseira da motocicleta, o que fez com que a adolescente perdesse o controle de direção e em seguida houvesse o choque com um ônibus urbano da Empresa Cabral, resultando em sua morte.
A motocicleta e o carro teriam sido retirados do local pelo suspeito.
O caso está sendo investigado como homicídio doloso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário