Menu

segunda-feira, 13 de julho de 2015

CHIPS COM PRESO APÓS VISITA DE ADVOGADA: PENITENCIÁRIA EMITE NOTA SOBRE O CASO

A Penitenciária Padrão Regional de Campina Grande emitiu nota sobre a apreensão de quatro chips de celulares encontrados com um preso após visita de uma advogada.
A apreensão ocorreu sábado (11/07).
Na nota o diretor Anselmo de Vasconcelos destaca que “como procedimento padrão os reclusos são retirados de suas celas, revistados e colocados à disposição do advogado, que mantém contato com os eles reservadamente e individualmente no parlatório, local destinado ao acesso do advogado ao seu cliente em unidades prisionais, E AO RETORNAR À CELA, SÃO REVISTADOS NOVAMENTE”.
A nota segue informando que “após o encontro do apenado com a advogada, antes de retornar à sua cela, O RECLUSO FOI REVISTADO, SEGUINDO O PROCEDIMENTO, SENDO ENCONTRADOS EM SUA POSSE OS QUATRO CHIPS, sendo dois da operadora oi e dois da operadora vivo.  Imediatamente, o fato foi comunicado à coordenação para a adoção das medidas cabíveis, sendo a advogada, que ainda estava na unidade, no parlatório com outro cliente, convidada a nos acompanhar até a delegacia para prestar esclarecimentos, onde a mesma foi autuada no art. 349-a ao código penal brasileiro, e o recluso foi encaminhado ao isolamento até instauração de procedimento disciplinar”,
A nota finaliza acrescentando que “cientes da importante função que desempenhamos, não aceitaremos que o crime comande nossa unidade. Aproveitamos para parabenizar os agentes que, de maneira eficiente, conseguiram desenredar o intento do recluso, ajudando para que práticas ilícitas dentro da unidade prisional da qual fazemos parte seja exceção. Oportuno mencionar que há apenas indícios da participação da advogada. fatos como este não representam a imagem da respeitável Ordem dos Advogados do Brasil, composta por mulheres e homens batalhadores, que salvaguardam os princípios constitucionais e as garantias dos cidadãos brasileiros, aqui o nosso respeito. Na certeza de que tanto a OAB quanto o poder judiciário farão uma apuração rigorosa dos fatos, e punir de forma exemplar se for necessário, a Penitenciária Padrão Regional de Campina Grande, se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários ao deslinde do caso”.
O renatodiniz.com também fica a disposição da advogada Samila e da OAB/Campina Grande para esclarecimentos, se acharem necessários, pois o blog sabe muito bem da postura ética dos membros do órgão em Campina Grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário