Menu

sexta-feira, 17 de julho de 2015

NO SERROTÃO: EM QUASE TRÊS MESES JÁ FORAM APREENDIDOS 211 CELULARES, QUASE TREZE QUILOS DE MACONHA E 126 LITROS DE CACHAÇA ARTESANAL

A Penitenciária do Serrotão em Campina Grande está sob nova direção desde o dia 28 de abril.
E nestes dois meses e meio muitas apreensões de droga, celulares, facas e cachaça artesanal ocorreram, de acordo com o diretor Delmiro Nóbrega.

Os “ilícitos” foram encontrados durante revistas, na parte interna da penitenciária e ainda na parte externa.
Vale salientar que grande parte dos celulares, facas e droga sequer chegam ao “destino final”, graças às ações dos agentes do Serrotão, além dos policiais das guaritas que prenderam ou apreenderam pessoas que tentavam arremessar as mercadorias para dentro da casa penal.

Foram apreendidos 211 celulares, quase 13 quilos de maconha, 14 serras, 200g de cocaína, 126 litros de cachaça artesanal (da pior qualidade), 13 facas originais, espetos, chips, carregadores, fones de ouvido e baterias de celulares.
O grande vilão é justamente o entorno da Penitenciária.
A rua que margeia o local serve de “apoio” para que parentes e amigos dos apenados arremessem o material para o interior do complexo penitenciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário