Menu

terça-feira, 28 de julho de 2015

“TUDO QUE HÁ DE RUIM NA SOCIEDADE ESTÁ DENTRO PRESÍDIO”, DIZ SECRETÁRIO SOBRE PRESOS NO SERROTÃO

Na entrevista coletiva, na Penitenciária Regional do Serrotão, em Campina Grande, o secretário da administração penitenciária, delegado Wagner Dorta, foi enfático: “Tudo que há de ruim na sociedade está dentro do presídio. São assassinos, ladrões, traficantes e estupradores”.
A declaração de Dorta ocorreu na manhã desta terça-feira (28/07) por ocasião da apresentação do material apreendido durante uma operação pente fino.
Foram encontrados, celulares, facas, espetos, facas artesanais, facão, maconha, crack e cocaína.
Um revólver calibre 38 também foi apresentado.
A arma, de acordo com o secretário estava em poder dos presos.
A penitenciária está localizada ao lado de uma Rua que dar acesso ao Bairro Mutirão.

Isso tem favorecido o arremesso constante de celulares e droga para interior do prédio.
“É necessário que algo seja feiro para isolar o entorno da penitenciária. Vamos solicitar o bloqueio. O Ministério Público deve ser nosso parceiro”.
Dorta disse que o motivo da tentativa de rebelião deve-se ao fato de que o banho de sol, por exemplo, deixou de ser para todos os presos ao mesmo tempo.
“Agora é por pavilhão, para a segurança deles. Além disso, estamos intensificando as operações internas para localizar ilícitos. Isso desagrada, mas o Estado é quem manda. Não vamos ceder”.
Em relação ao preso que saiu ferido, o caso está sendo investigado pela polícia civil, afirmou o secretário.
Diante do que ocorreu ontem (segunda, 27), 21 apenados foram transferidos para o PB1 na capital do estado.
FAMILIARES REVOLTADOS
Os familiares dos apenados usaram das redes sociais, TV e rádios de Campina Grande para expressar indignação e revolta diante da situação.

Um comentário: