Menu

quinta-feira, 23 de julho de 2015

UMA MULHER E DOIS HOMENS, ASSASSINADOS EM CAMPINA GRANDE, AINDA NÃO FORAM IDENTIFICADOS; CORPOS ESTÃO NO NUMOL

(Mulher usava tênis e calça jeans)
Uma mulher e dois homens que foram assassinados em Campina Grande nos últimos dias, ainda permanecem sem identificação no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal, na Alça Sudoeste.
No dia 30 de junho o corpo de uma mulher foi encontrado em um terreno baldio no Jardim Tavares.
O corpo apresentava sinais de agressão e a cabeça uma perfuração de bala na região frontal.
A mulher morena aparentava entre 35 e 45 anos de idade.
Os cabelos são longos e pretos.
Ela usava calça jeans e tênis azul.
(Homem com tigre tatuado)
No último domingo, dia 19, o corpo de um homem foi encontrado dentro fazenda no Serrotão.
A perícia constatou três disparos de revólver (dois na cabeça e um na axila).
Parte de uma das orelhas estava decepada.
Os órgãos genitais também.
A vítima tem a tatuagem de um tigre no ombro esquerdo.
(Homem encontrado no Distrito Industrial)
Terça-feira, dia 21, o corpo de outro homem foi encontrado por trás da fábrica “Dolomil” no Distrito Industrial.
Ele apresentava perfurações de bala e de golpes de faca, além disso, estava com as mãos amarradas com um enforca gato.
O homem era moreno e usava barba.
Informações ligue 197.

Nenhum comentário:

Postar um comentário