Menu

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

DOIS HOMICÍDIOS EM CAMPINA: UM NO PEDREGAL E OUTRO NO TAMBOR

Foram dois homicídios em menos de 24 horas em Campina Grande.
Pelas circunstâncias: acerto de contas.
No Bairro Pedregal, às 23h00 do domingo (30/08), em um Beco da Rua Santa Bárbara, o carroceiro Djanilson Medeiros Santos, 36 anos, foi morto com dois tiros (um na cabeça e outra na perna).
Os disparos atingiram um portão.
A lei do silêncio prevalece no local.
Ninguém viu nada.
Havia pouco tempo que Djanilson morava no bairro.
Já às 15h20 desta segunda-feira (31) na “Rua Califon” no Tambor, próximo a Estação Velha, Breno Medeiros da Silva, de 20 anos, foi assassinado com cinco tiros de revólver.
Dois atingiram o ombro, dois o queixo e  um o tórax.
O crime, segundo testemunhas, foi praticado por dois homens numa motocicleta (“modelo alto”).
“Cara de palhaço”, como Breno era conhecido, morava na Rua Vinte e Quatro de Maio, nas imediações de onde acabou morto.
No dia 24 de maio deste ano na Rua Prudente de Morais (“rua do fogo”), também no Tambor, após um desentendimento, ele esfaqueou um jovem de 23 anos.
O golpe atingiu o pescoço da vítima que foi socorrida para o Trauma.
Dias depois o ferido foi liberado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário