Menu

sábado, 12 de setembro de 2015

CASAS DO ALUÍZIO CAMPOS: CÁSSIO FAZ VISITA AO LOCAL E PREFEITO ROMERO QUER ENTREGAR MIL MORADIAS EM MAIO. SAIBA COMO SÃO CONSTRUÍDAS AS RESIDÊNCIAS

Foi uma visita de cortesia a um dos maiores empreendimentos habitacionais do nordeste na atualidade.
O senador Cássio Cunha Lima ficou impressionado com o que viu.
Detalhe: Cássio é um dos maiores críticos do governo petista que fez parceria com Romero para construção das casas.

“O governo federal não pode ver partidos ou inimigos. Tem que fazer parceria sim, independente de partido. Aqui ele entrou com parte dele e a prefeitura entrou com uma contra partida. E aqui a prefeitura está dotando o local de outros empreendimentos importantes. Criando oportunidades”.
Foto:renatodiniz.com

O complexo Aluízio Campos, compreende uma área de 800 hectares onde estão sendo erguidas 4.100 moradias.
O governo federal entrou com “300 milhões de reais”  a prefeitura com quase “25 milhões de reais”.
Foto: renatodiniz.com

O novo bairro de Campina Grande tem chamado a atenção do empresariado, tanto é que aproximadamente 170 empresas devem se instalar no local.
Foto: renatodiniz.com

O terreno, no Ligeiro, adquirido por 2,5 milhão de reais, já está avaliado em “200 milhões de reais”, em função dos investimentos previstos.
Cássio esteve acompanhado de assessores e correligionários.
Ao lado do Prefeito Romero Rodrigues, o senador percorreu parte do canteiro de obras e tirou fotos.
Foto:renatodiniz.com

Romero assegurou que as primeiras “mil” unidades devem ser entregues a partir de maio do próximo ano.
“Todo o Aluízio campos é planejado. É uma cidade dentro de uma cidade. É futuro presente em Campina”.
AS CASAS: AQUECEDORES E PLACAS DE ENERGIA SOLAR
Foto:renatodiniz.com

De acordo com o construtor Arimateia Rocha, o que de há mais moderno está sendo empregado na construção dos imóveis.
Nenhuma residência usará caibros, por exemplo.
Foto:renatodiniz.com

“Nós estamos usando nestas casas alvenaria estrutural. Antigamente se trabalhava muito com tijolos convencionaos, tijolos de cerâmica, mas o próprio Banco do Brasil exigiu que; ou a gente fizesse alvenaria com tijolo convencional com pilares, ou com tijolo pré-moldado com alvenaria estrutural. Então nós fizemos uma adaptação para um projeto moderno. Na cobertura nós estamos colocando uma telha diferenciada. O madeiramento não existe. O desperdício é zero, pois ao invés de caibros, nós estamos utilizando aço galvanizado, ou seja ‘não tem perigo de dar cupins’. Além disso, o alinhamento das casas, usando a alvenaria estrutural, fica algo espetacular”, disse o empresário construtor.
Foto;renatodiniz.com
As unidades serão dotadas de aquecedores e placas de energia solar.
As casas têm terraço, sala, dois quartos, banheiro e cozinha. 
Todos são amplos.
“Os forros serão de PVC e todas elas terão piso em cerâmica. Quer dizer: é uma qualidade muito boa para um conjunto popular. Eu acredito que para a nossa região é algo inédito e para o Brasil será algo exemplar. Acredito que vão copiar este modelo em nosso país”, concluiu Arimateia Rocha.

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Eu preciso pois morro com meus pais.sou inscrita desde 2009.meu nome Juliana Araújo Diniz.tenho duas crianças pequenas e o meu esposo tem deficiencia

      Excluir
    2. Muito legal e impressionante,uma obra dessa magnitude,vai ajudar muito gente,espero ser um deles,obrigado

      Excluir
    3. Muito legal e impressionante,uma obra dessa magnitude,vai ajudar muito gente,espero ser um deles,obrigado

      Excluir
  2. Ai só ganha quem tem papai e mamãe na prefeitura de campina grandes, gente acorda.

    ResponderExcluir