Menu

domingo, 18 de outubro de 2015

CONSELHOS A UM JOVEM MÉDICO


Por Dr. RAFAEL HOLANDA, Médico

"Você jovem, que abraça o caminho da ciência Hipocrática, que busca encontrar a arte de curar; saiba antes de tudo, que a palavra é o melhor remédio, o conforto caminho de cura, e respeito aos desassistidos uma benção de Deus.
Saiba compreender um desespero, uma mãe aflita que se cansa de pedir ajuda, e pela sua aflição surge à impotência diante das desigualdades, diante do silêncio do mundo, e das indiferenças que destituem a dignidade.
Entenda que a medicina não é uma ciência que exija instrumentos modernos para salvar, pois um simples olhar onde representa a esperança é capaz de levantar aquele que em vida já se encontrava morto.
Respeite o sofrimento alheio, não pergunte onde está a dor, e nem a que distância se encontra a pessoa que necessita de sua ajuda, pois os caminhos percorridos somam em milhas a diferença entre seus erros e o perdão de Deus.
Quando entrar em uma casa sinta como estivesse buscando tirar a trava dos seus olhos, diante de um pequeno cisco na visão do que sofre, não comente, não visualize a possibilidade de sair com moedas cunhadas, mas com um coração brando pelo dever cumprido.
Seja sempre um cavalheiro, compreenda o desespero, e não leve em conta as ofensas de quem vive na miséria, de quem persiste em lutar pela vida deste filho, por ter perdidos outros pelas nossas incompetências.
Muitas das vezes o nosso silêncio é na realidade responsável por mortes de tantos, por não lutarmos pelos remédios que faltam na farmácia, e por exames que chegam após o óbito.
Somos sim, responsáveis pelas nossas inoperâncias, por não compreendermos que a vida por sua ação cíclica vem de forma lenta trazer-nos as mesmas lágrimas que provocamos em outros.
Não é a toa que o índice de suicídio ultrapassa em muito a tantas profissões, em decorrência das nossas frustrações, nossos erros, as desilusões de termos abraçados o que realmente não gostávamos.
Se por acaso tens no coração a arte da caridade, da benevolência do saber compreender e perdoar, de entender que a lágrima só desaparece se soubermos também chorar; tenha a certeza que daí surgirá um grande médico".
Dr. Rafael Holanda Médico

4 comentários:

  1. SÁBIAS PALAVRAS. MUITO BONITA E DIGNA A ATITUDE DO DR. RAFAEL.
    Que pena que no mundo que vivemos as pessoas são capitalistas ao ponto de se aproveitar do sofrimento alheio... SE TODOS OS MEDICOS,ENFERMEIROS OU MELHOR TODAS AS CLASSES TRABALHISTAS ESCOLHECE SUAS PROFISSÕES POR AMOR,VOCAÇÃO NOS TERIAMOS UM MUNDO MELHOR.
    LEMBREM QUE DINHEIRO É BOM MAIS NAO É TUDO.
    COM POUCO PODEMOS TER TAMBEM UMA BOA QUALIDADE DE VIDA (QUALIDADE DE VIDA É DIFERENTE DE LUXO) E SERMOS FELIZES.

    ResponderExcluir
  2. Belas palavras vinda de um médico,parabéns

    ResponderExcluir
  3. Belas palavras vinda de um médico,parabéns

    ResponderExcluir
  4. Engraçado ler isso, lembro até hoje quando meu falecido irmão chegou em casa desesperado, após uma consulta com esse mesmo médico de palavras tão bonitas, onde na ocasião da consulta disse com todas a letras e alto é bom som, que meu irmão não era mais HOMEM devido sua enfermidade, um dia depois dessa consulta meu irmão faleceu dormindo. Falar é muito fácil ser coerente com as palavras é bem difícil. Mas um dia Deus a de colocar opressor e oprimindo face a face. Eu creio.

    ResponderExcluir