Menu

domingo, 18 de outubro de 2015

MENOR SE ESCONDE EM SOFÁ, ESPERA LOJA FECHAR E FURTA 71 MIL REAIS EM CELULARES

Um menor de 16 anos se escondeu embaixo de um sofá de uma grande loja de varejo e esperou o estabelecimento fechar para furtar celulares e produtos eletrônicos avaliados em “71 mil reais”.
O crime aconteceu na noite de sexta-feira (16/10), em Praia Grande, no litoral de São Paulo, mas o adolescente e um comparsa só foram capturados na manhã de sábado (17), no Centro de Santos.
Segundo a polícia, para não levantar suspeita, o menor, que passou a ser chamado de 'Menino Invisível' por alguns funcionários, se passou por cliente e entrou normalmente na loja de móveis e eletrodomésticos que fica dentro do Litoral Plaza shopping, em Praia Grande.
Antes de o estabelecimento fechar, ele arrumou um jeito de se esconder debaixo de um sofá que estava no mostruário.
“A loja estava muito cheia, porque sexta-feira é um dia de grande movimento e tudo aconteceu no período da noite. Infelizmente não vi nada e nem faço ideia de como ele conseguiu isso”, conta o gerente.
Logo após fechar a porta de entrada, o gerente adotou alguns procedimentos comuns de segurança, como revistar armários e outros locais, mas não notou nada de anormal.

O gerente só soube do assalto depois que recebeu a ligação de um policial militar que fazia patrulha no Centro de Santos.
Um menor e outro rapaz, identificado como Carlos Magnun Santos Gomes, de 26 anos, que estava junto com ele, foram abordados por policiais na rua do Comércio.
Dentro do veículo onde a dupla estava, os PMs encontraram uma sacola das Casas Bahia com diversos aparelhos celulares, controles de vídeo game e outros aparelhos eletrônicos.
O menor disse aos policiais que se escondeu debaixo de um sofá do comércio e aproveitou a madrugada para retirar os objetos das caixas e separá-los em uma sacola.
No dia seguinte, ele esperou o shopping e a loja abrirem para escapar sem chamar atenção.
(g1 Santos)
Fotos: PM/G1 Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário