Menu

terça-feira, 6 de outubro de 2015

PC CAPTURA FUGITIVO DE PENITENCIÁRIA EM CAMPINA; ELE É ACUSADO DE ESTUPRAR DUAS MULHERES NA MESMA NOITE

(O retrato falado elaborado a partir das informações das vítimas e o acusado)
Policiais civis em Itabaiana, no agreste paraibano, prenderam em Paulista/PE, o fugitivo da Penitenciária Regional do Serrotão, em Campina Grande, Marcos Rodrigues dos Santos, 30 anos, conhecido como “galego”, “colorau” ou “ferrugem”.
Ele estava foragido desde 2011 e cumpria pena por estupro.
Em Julho deste ano, em Pirpirituba e Itabaiana, Marcos foi acusado de estuprar duas mulheres num intervalo de duas horas.
Devido a essas acusações, havia um Mandado de Prisão em aberto.
Ele nega os estupros.
Uma moto amarela foi apreendida com ele.
Em Paulista, o foragido já havia constituído família, inclusive é pai de uma menina.
A FUGA
Quando fugiu Marcos “trabalha” na cozinha e aproveitou um descuido da segurança.
Neste dia, segundo investigações, estava sendo realizado um churrasco dos agentes.
OS ESTUPROS ESTE ANO
Os dois estupros ocorreram entre 21h00 e 23h00 de uma quinta-feira (30/07) nas cidades de Juripiranga e Itabaiana, no Agreste paraibano.
Os crimes foram praticados por um homem branco, usando uma pochete, de blusão preto, armado com um revólver e numa moto de cor amarela.
A primeira vítima tem de 33 anos.
Policiais realizavam rondas de Juripiranga e encontraram a mulher na rua.
Ela disse que saia da escola onde trabalha quando foi abordada pelo estuprador de arma em punho.
Ele a obrigou a subir na garupa da moto e na localidade “Recanto do Sossego” praticou o estupro.
Por volta da meia-noite uma psicóloga do Hospital de Trauma de Itabaiana comunicou à polícia que uma jovem de 21 anos tinha sido estuprada e estava em observação.
Esta vítima trabalha numa lanchonete da cidade e mora na comunidade “Brejinho”.
Ela foi abordada às margens da rodovia, por volta das 23h00, também quando saía do trabalho.
O estuprador ainda chegou a abastecer a motocicleta em um posto de gasolina e seguiu no sentido da BR230. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário