Menu

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

POLICIAL MORTO EM COMBATE USAVA SIM COLETE BALÍSTICO, AFIRMAM FAMILIARES

Familiares do policial civil Marcus Paulo Vinícius de Souza, morto em troca de tiros com bandidos na última terça-feira (06/10) em Puxinanã, contestaram a afirmação da polícia de que no momento do tiroteio, ele não estava usando colete balístico.
De acordo com Ailton Paulo de Souza, irmão de Marcos, ele estava usando o equipamento.
O colete que o agente usava era curto (para o tamanho de Marcos, aproximadamente 1.80m).
O policial, ainda segundo informações, desde que entrou na PC, solicitou um colete que fosse proporcional a ele, além disso, o equipamento estaria com data de validade vencida.
O tiro fatal teria sido transversal (de baixo para cima) e o equipamento não protegeu.
Por outro lado, POLICIAIS CIVIS QUE PEDIRAM PARA NÃO SER IDENTIFICADOCONFIRMARAM AO renatodiniz.com, na manhã desta quinta-feira (08), QUE ALGUNS COLETES BALÍTISTICOS UTILIZADOS POR ELES ESTÃO VENCIDOS.

Marcos foi sepultado na tarde desta quarta-feira (07) em Montadas num clima de total comoção.
A cidade parou e silenciou.

2 comentários:

  1. Hélio Paulo de Sousa, irmão do policial assassinado na cidade de Puxinanã agradece ao empenho do jornalista Renato Diniz pela consideração a sua família ao publicar os fatos verídicos relacionados ao uso do colete que seu irmão Marcos usava no momento da operação policial desmentindo a entrevista do Superintendente de Polícia de Campina Grande. Luciano Soares que em sua entrevista afirma o contrário, que o policial não estava em uso do colete. O policial Marcos Vinícius era um homem dedicado a sua profissão e amava o que fazia, combatendo a criminalidade no estado da Paraíba, não merecendo que sua imagem venha a ser denegrida através de entrevistas sem fundamentos onde não se procura averiguar os fatos como realmente aconteceram como foi o caso do relato do Superintendente de Polícia. Todo policial, inclusive meu irmão recebe ordens de superiores e arrisca sua própria vida em prol da sociedade, por isso merece no mínimo respeito e consideração.

    ResponderExcluir
  2. Cara, estudei com Marcos no Colégio Equipe. Faleinc9mnuns amigos daquela época. Um choque pra nós. Qie ele tenha um bom lugar.
    Giovanni

    ResponderExcluir