Menu

sábado, 7 de novembro de 2015

EM QUEIMADAS: FUGITIVO DE CADEIA É PRESO EM FLAGRANTE ACUSADO DE ESTUPRAR UMA MENINA DE 14 ANOS; O CRIME ACONTECEU DURANTE TODA A NOITE E A MADRUGADA



MANÍACO ESFAQUEOU E AMARROU COMPANHEIRO DA VÍTIMA.
POLICIAIS EVITARAM LINCHAMENTO DO ACUSADO QUE SE ESCONDEU DENTRO DE UM GUARDA-ROUPA
O município de Queimadas sequer acordou de um pesadelo envolvendo a morte brutal de uma mulher e já tem que conviver com outra monstruosidade: o estupro de uma adolescente com detalhes imagináveis.
Antônio Carlos Mendes Barbosa, 25 anos, fugitivo de um presídio em Sousa, no Sertão paraibano, foi preso na manhã deste sábado (07/11) por policiais militares da 3ªCIPM, após estuprar durante toda a noite de ontem (06) e madrugada de hoje uma adolescente de 14 anos.
A menina foi obrigada a assistir filmes pornográficos antes e no intervalo de cada ato sexual.
O crime aconteceu no sítio Lutador “2”.
Tudo aconteceu na frente do companheiro da garota, um adolescente de 15 anos, que foi esfaqueado e amarrado.
O maníaco por pouco não foi linchado.
Ele é conhecido dos familiares do casal.
A ABORGADAGEM
Por volta das 21h30 desta sexta-feira, o casal voltava de uma igreja e já próximo da residência apareceu Antônio Carlos armado com uma faca de mesa.
Ele fez a abordagem e sob forte ameaça obrigou as vítimas a levá-lo para onde elas moram.
DENTRO DA CASA
Na residência o estuprador sentou no sofá e obrigou a menina a sentar ao lado dele para assistir filmes pornográficos.
O maníaco começou a acariciá-la.
O adolescente, para defender a companheira, entrou em luta corporal com o acusado, mas levou desvantagem e sofreu um golpe de faca no peito.
Depois de dominado, o garoto foi amarrado com uma corda e com um lençol, e teve que suportar impotente o ato brutal ao qual era submetido à menina.
O ESTUPRO

O estuprador agia como se tivesse fazendo algo normal: assistia filme, acariciava a garota, a levava para o quarto, cometia o estupro, voltava a assistir o filme, acariciava novamente a menina e a estuprava.
Era um ato contínuo que parecia não ter fim.
O ESTUPRADOR SAÍA DA CASA E VOLTAVA... SAÍA E VOLTAVA...
A polícia confirmou que por três vezes Antônio Carlos Mendes Barbosa saiu e voltou para a residência.
A cada contato com o casal, fazia ameaças.
Se as vítimas contassem para alguma pessoa, seriam mortas.
O FIM DO TERROR

Só por volta das 07h00 deste sábado o estuprador deixou à residência.
A adolescente desamarrou o garoto e este procurou o tio que por sua vez mobilizou a polícia.
A PRISÃO DO ESTUPRADOR
Como se nada tivesse acontecido o acusado deixou o cenário do estupro e foi embora para a casa dele que fica também no sítio Lutador “2”.
A notícia da violência sexual já tinha se espalhado e moradores da comunidade se mobilizaram para capturá-lo.
Numa estrada, eles avistaram o culpado.
“Assustado”, Luís Carlos correu para sua residência e se escondeu dentro de um guarda-roupas.
Os moradores enfurecidos e revoltados correram atrás.
Como a polícia já havia sido mobilizada evitou um linchamento.
MANÍACO CONFESSOU O ESTUPRO DA ADOLESCENTE

Em entrevista a repórter Jaqueline Felipe da TV Borborema, Luís Carlos confirmou o estupro.
“Ele confirmou o estupro, mas disse que não sabe o que aconteceu para cometer o crime; Não soube explicar o motivo desse crime; Não sabe o que deu na ‘cabeça dele’ para cometer este crime”, disse Jaqueline.
“Eu perguntei se ele era usuário de droga, ele disse que não; Eu perguntei se ele era psicopata e ele respondeu que achava que era doente”, completou Jaqueline.
QUEM É LUIS CARLOS MENDES BARBOSA?
Luís Carlos é fugitivo de um presídio em Sousa, onde cumpriu uma pena de 06 anos, mas estava foragido.
Ele é acusado de violentar (estuprar) uma tia e cometer assaltos.
Em depoimento à delegada, Luís Carlos negou estas acusações.
(Fonte: Jaqueline Felipe e Jonathan Parrudo/ TV Borborema)
Fotos: Jonathan Parrudo

Um comentário: