Menu

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

ASSALTANTE TROCA TIROS COM POLICIAIS CIVIS E ACABA MORTO; MULHER TAMBÉM FOI MORTA

(Paulo Apolinário)
(Atualizado)
O procurado da justiça Paulo Apolinário de Souza, 33 anos, acusado de fazer parte do bando de “bacurim”, acabou morto após se confrontar com policiais civis no sítio “Urucu” entre Alagoa Nova e Areia.
Apolinário, apontado como o braço direito de “bacurim”, não obedeceu à voz de prisão e junto com outros suspeitos, abriu fogo contra os policias.
Ele bebia em uma casa.
Anita Flávia Pessoa da Costa, 20 anos, que de acordo com PC,  fazia parte do bando “bacurim” também acabou morta.
Tudo aconteceu na tarde deste domingo (27/12) quando os policias procuram dar cumprimento a um Mandado de Prisão contra Apolinário.
Foram encontrados com ele um rádio transmissor, uma espingarda calibre “12” e um revólver calibre “38”.
O delegado Henry Fábio, da seccional de Esperança, informou ao renatodiniz.com na manhã dessa segunda-feira (28) que “a polícia recebeu a informação que o bando estava reunido numa casa comemorando e já se articulando para mais uma ação na região. Quando chegamos ao local fomos recebidos à bala. Não tivemos alternativa a não ser revidar. No revide atingimos o Paulo e Anita. Socorremos os dois para o hospital, mas eles não resistiram.”
Henry Fábio acrescentou que “o ‘bacurim’ estava na área, na companhia de outros, mas conseguiu fugir. Nós chegaremos até ele”.
As ações do bando de “bacurim” ou “tana” já provocaram o abandono de mais de 50 casas nos sítios e fazendas de Areia, Matinhas, Alagoa Nova, além de Remígio.

2 comentários:

  1. Polícia na rua, cidade segura! Falta a integração com o GTA da Pm.

    ResponderExcluir
  2. Polícia na rua, cidade segura! Falta a integração com o GTA da Pm.

    ResponderExcluir