Menu

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

EM CAMPINA: UM ADOLESCENTE ASSASSINADO POR ENGANO; ACUSADO FOI APREENDIDO

(Thomas: morto por engano)
Na noite da  sexta-feira, 14 de agosto/2015, o estudante Thomas Edson de Araújo Medeiros, de 15 anos, foi assassinado com um tiro de espingarda calibre “12”.
O crime ocorreu na Rua João Vicente dos Santos, no Bairro Mutirão, em Campina Grande.
Duas pessoas numa moto praticaram o homicídio.
O disparo atingiu a altura pescoço (lado esquerdo).
Thomas era filho de um agente de saúde do bairro. 
O garoto era estudioso e nunca havia se envolvido em nenhum delito ou coisa parecida.
Ele estava acompanhado de amigos quando os assassinos se aproximaram em uma moto e abriram fogo.
Na noite do crime as polícias militar e civil identificaram o autor, mas em virtude de falta suficiente de provas ele foi liberado, porém após investigações da Delegacia de Homicídios concluiram que o suspeito era realmente o assassino.
Trata-se de um adolescente de 17 anos, identificado como “guaxite”.
Contra ele foi cumprido um Mandado de Busca e Apreensão pela morte do Thomas Edson.
“Guaxite” está recolhido ao Lar do Garoto, em Lagoa Seca.
Em contato com o renatodiniz.com a delegada Tatiana Barros fez o seguinte esclarecimento: “as investigações ainda não estão concluídas, pois estamos procurando identificar o condutor da moto. A vertente mais forte é que Thomas tenha sido morto por engano. É que os assassinos que chegaram na moto inicialmente efetuaram disparos contra outro jovem que estava no local, porém o disparo não saiu (a arma deu problema). Em seguida, apontaram para Thomas Edson e puxaram o gatilho. Então como o Thomas e o outro rapaz que sobreviveu são bastante parecidos com dois indivíduos da comunidade envolvidos com tráfico de drogas e outros crimes, a vertente mais forte é que a morte tenha sido por engano”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário