quinta-feira, 16 de julho de 2015

BANDIDO PROTEGIDO PELA LEI ATIRA EM POLICIAIS E ACABA BALEADO. PODEM TER CERTEZA: PM VAI “LEVAR A CULPA”

Um “menino” de 16 anos de idade, morador da Rua Coremas no Catolé, tentou matar no final da manhã desta quinta-feira (16/07) um policial militar.
O “santo” atirou numa guarnição que se aproximava dele durante uma abordagem.
A polícia revidou e acertou o joelho do “inocente”.
O “anjo” gritou feito um porco no cio.
Certamente em alguns dias esse “incompreendido” vai denunciar os policiais que ele tentou matar.
O “inocente” portava um revólver calibre “38”.

VEJA O VÍDEO: LADRÕES SEQUESTRAM FUNCIONÁRIO DOS CORREIOS E LEVAM JUNTO CARRO COM MERCADORIAS: VÍTIMA FOI ABANDONADA EM MATAGAL

VEJA O VÍDEO DO RESGATE
video

Ousados e decididos!!!
Quatro bandidos em um Corsa de cor prata realizaram mais um assalto aos veículos que transportam mercadorias dos Correios/sedex em Campina Grande.

VEJA O VÍDEO: “MEU PAI ERA UM ESTUPRADOR SAFADO”, DIZ MULHER ACUSADA DE MATAR O PAI

VEJA O VÍDEO
video
Foi presa em Arara, na manhã desta quinta-feira (16/07), a filha que confessou ter arquitetado e participado da morte do pai. O crime aconteceu na tarde da quarta-feira (15) no sítio Cinco Lagoas, em Casserengue, no Curimataú paraibano.

POLÍCIA PRENDE "ARMEIRO" EM CAMPINA GRANDE E APREENDE ARSENAL; TINHA ATÉ FUZIL E SILENCIADOR

Um dos melhores “armeiros” de Campina Grande foi preso na manhã desta quinta-feira (16/07).
Com ele foi encontrado um verdadeiro arsenal.

PM E PC RECUPERAM MOTOCICLETAS E HILUX ROUBADAS


Policiais da CPTran, do 2ºBPM, 9ºBPM, 3ªCIPM  e agentes da Delegacia de Roubos e Furtos recuperam vários veículos roubados.
A Roubos e Furtos em Campina Grande, por exemplo, recuperou uma Hilux.
O veículo estava na garagem da casa de um comerciante que vai responder por receptação.
Como o crime é afiançável, ele  pagou quase “16.000,00 reais” e foi liberado.

MULHER É SUSPEITA DE MATAR O PRÓPRIO PAI: ELA ESTÁ SENDO PROCURADA PELA POLÍCIA

Rosângela Santos de Aguiar, está sendo procurada pelas polícias civil e militar no Curimataú paraibano.
Ela é suspeita de ter participado do assassinato do próprio pai, o agricultor Geraldo Rivaldo de Aguiar
Ele foi morto com golpes de faca e disparos de revólver.
O crime aconteceu na tarde desta quarta-feira (15/07), na zona rural de Casserengue, também no Curimataú.