Menu

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

PC IDENTIFICA ACUSADO DE MATAR MOTOTAXISTA EM CAMPINA GRANDE; PM PRENDE FUGITIVO DO SERROTÃO

Marcos Alberto Marcelino, 53 anos, ex-policial militar, está sendo apontado como o homem que assassinou com tiro o mototaxista Saulo de Tarso Moraes Queiróz, de 28 anos.  
O crime aconteceu na madrugada do dia 18 de janeiro/2016 nas imediações do Residencial Major Veneziano “IV”, no Bairro das Cidades/Campina Grande.
Saulo foi morto com um tiro no tórax.

As primeiras informações davam conta de que o rapaz teria feito uma corrida e chegando ao local onde ocorreu a morte, este "passageiro" atirou em Saulo, porém, segundo a delegada Tatiana Barros, as investigações da delegacia de homicídios concluíram que Saulo e Marcos bebiam, houve um desentendimento e consequentemente luta corporal.
A vítima teria desferido um soco no ex-policial, ocasião em que Marcos perdeu os óculos.
Após isso ocorreu o crime.
Contra o acusado foi expedido um Mandado de Prisão pelo 2ºTribunal do Júri.
Ainda de acordo com a delegada Tatiana Barros, que presidiu as investigações, juntamente com a sua equipe, Marcos foi excluído da Polícia Militar da Paraíba no ano de 1988.
Ele já foi preso por crime de homicídio.
O acusado não foi localizado.
(Fonte Delegacia de Homicídios/Campina Grande)
PM PRENDE FUGITINVO DO SERROTÃO
A guarnição dos soldados Ismael e Elcides prenderam na madrugada deste domingo (28/02) Flanéo Márcio Pereira, mais conhecido por Marcinho.
Ele era foragido do presídio do Serrotão em Campina Grande, desde o ano de 2010, quando foi transferido para aquela unidade, após evadir da cadeia de Remígio pela porta da frente.
Na época Flanéo era preso de confiança.
Os policiais o prenderam na casa dele no Sítio “Serrote Baixo”, na cidade do Algodão de Jandaíra, no Curimataú.
(Fonte PM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário