Menu

sábado, 20 de fevereiro de 2016

POLÍCIA PRENDE MAIS UM DO BANDO DE BACURIM; ACUSADO INVADIU CASA ONDE O DONO FOI TORTURADO

Lucas Augustinho de Souza Silva foi preso mediante uma Preventiva determinada pela justiça de Alagoa Nova.
Ele é um dos membros do bando do “bacurim”, morto nesta sexta-feira (19/02) em confronto com a polícia.
Lucas foi preso dois dias antes do “líder” ser abatido.
O delegado Eduardo Almeida informou que o assaltante é acusado de roubo qualificado e participou, por exemplo, da invasão de uma casa no sítio “São Tomé”, no último dia 11 onde o proprietário foi torturado por aproximadamente 40 minutos.
“Ele confessou tudo que aconteceu na casa. Ele confirmou tudo que foi dito pela vítima. Neste dia participaram do crime: bacurim, Tiago e Lucas”, afirmou o policial.
O bando, que foi desmantelado e esfacelado pelas ações das polícias civil e militar, se caracterizou pela perversidade e violência de como agia.
(Agricultor de 45 anos: torturado no dia 11 de fevereiro)
Foram 15 homicídios, aproximadamente 60 invasões de casas, vários estupros e até sequestro.
“Esse Lucas teve sorte. Ele teria tido o mesmo destino de bacurim, caso não tivesse sido preso antes, mas ele vai pagar por cada um dos crimes brutais que cometeu na companhia do bacurim”, disse um policial militar.


Já o delegado Henry Fábio (12ªAISP – Área Integrada de Segurança Pública/Esperança) e o Major Brandão, comandante do 10ºBPM, reafirmaram que vão continuar caçando os bandidos que ainda restaram e caso queiram confronto terão uma resposta contundente, além de eficaz.

4 comentários:

  1. Parabéns a polícia e bala nesses imundos, essa escória, por mim tem que matar essas almas sebosas

    ResponderExcluir
  2. Parabéns a polícia e bala nesses imundos, essa escória, por mim tem que matar essas almas sebosas

    ResponderExcluir