Menu

quarta-feira, 9 de março de 2016

MORTE DE JOVEM EM CAMPINA: DELEGADA DESCARTA LATROCÍNIO

A delegada Tatiana Barros, que preside o inquérito que investiga a morte de Jessikaline Barbosa, disse que está ouvindo familiares, amigos e outras pessoas que podem ajudar no esclarecimento do crime.
Em contato com o renatodiniz.com a policial descartou latrocínio, ou seja: o assassino não matou para roubar.
“Latrocínio para mim e a equipe de investigadores, está descartado”.
Tatiana completou informando que “nossos agentes estão diligentes e atentos a detalhes. Estamos fazendo investigações que certamente podem envolver uma série de fatos. É um caso muito delicado. Por enquanto sem detalhes”.
O CASO
Jessikaline Barbosa, de 24 anos, foi vítima de um tiro de revólver na nuca na noite do sábado (05/03).
A jovem foi encontrada agonizando dentro do carro dela na Rua Manoel Martins, ao lado do colégio Ana Amélia, no Bairro Bodocongó III, em Campina Grande.
Testemunhas informaram à polícia que um homem numa moto desferiu o tiro e em seguida tomou o rumo do Hospital de Trauma.
Na tarde da segunda-feira (07) a jovem não resistiu e morreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário