Menu

sexta-feira, 22 de abril de 2016

PC DESVENDA HOMICÍDIOS EM CAMPINA GRANDE; ACUSADOS JÁ ESTÃO PRESOS; OUTRAS PRISÕES TAMBÉM FORAM REALIZADAS

Walliston Alves dos Santos, “tony”, que já está preso em Queimadas mediante Mandado de Prisão da Comarca de Santa Cruz do Capibaribe/PE, por tráfico de droga, é apontado como autor de um homicídio ocorrido no Bairro das Cidades em Campina Grande no dia 29 de fevereiro/2016.
Ele é acusado da morte de Fabiano de Oliveira Silva, de 27 anos.
O CRIME
Fabiano de Oliveira Silva foi assassinado com nove disparos de arma de fogo.
O crime aconteceu em frente ao Conjunto Major Veneziano I.
Fabiano estava numa moto quando foi alvejado.
Os tiros atingiram o rosto, os braços, o ombro e costas.
Já Ivailda da Silva Tomás, “Renata", foi presa acusada de assassinar Marcos Antônio dos Santos.
O crime ocorreu  em 2013  no bairro Ramadinha.
PRESO POR ROUBO
Moisés Alves foi preso em flagrante por roubo.
Ele assaltou, no Centro da cidade uma mulher.
Dela o acusado roubou um celular.
Com apoio de populares, a PC prendeu Moisés.
PRESO POR TENTATIVA DE HOMICÍDIO
Policiais da 4ªDD prenderam em flagrante José de Arimateia Santos.
Próximo ao colégio Panorama, no Santa Cruz, a equipe de agentes visualizou um homem ensanguentado.
Ele alegou que tinha sido vítima de tentativa de assalto, porém no corpo dele não havia sinais de violência.
Quando os policias realizaram diligências na área, descobriram que na verdade José de Arimateia esfaqueou Isaías  Freitas durante uma confusão em um bar.
A vítima encontra-se internada no Hospital de Trauma.
PRISÃO POR TRÁFICO
O recém Núcleo de Repressão a Entorpecentes de Campina Grande, criando esta semana, prendeu um homem acusado de tráfico.
Havia dois anos ele era investigado pela prática de tráfico de drogas e roubos na cidade.
O Núcleo é comandado pelo delegado Ramirez São Pedro.
Em Soledade a PC ainda não tem pistas do homem que matou  Ronildo Nunes Medeiros, 20 anos, que morava no Bairro Santa Tereza.
Ele foi morto a tiros por volta das 23h00 da segunda-feira (18/04).
“Rato”, como ele era conhecido, ainda foi socorrido pelo SAMU, mas não resistiu e morreu no Trauma em Campina Grande.
Os disparos atingiram o abdome  e a perna.
(Com informações da PC/Campina Grande)

Nenhum comentário:

Postar um comentário