Menu

domingo, 29 de maio de 2016

MORRE O MÉDICO LUCIANO LOBO EM CAMPINA GRANDE

Morreu na tarde deste domingo (29/05), em Campina Grande, o médico otorrinolaringologista, Luciano Lobo.
Ele foi vítima de infarto.
Lobo era conceituadíssimo na cidade e na Paraíba.
Ele ainda foi socorrido para o Hospital de Trauma, mas o médico não resistiu.
Foram tentadas reanimações, porém sem êxito.

O velório ocorre no Campo Santo.
O sepultamento será no mesmo local, no entanto o horário ainda não está definido.
No facebook o  neurocirurgião Rafael Holanda, amigo de Luciano Lobo, escreveu:
“O velho Lobo.
Há exatamente duas horas atrás ao adentrar em um restaurante encontrei meu amigo Luciano Lobo, médico, especialista em otorrinolaringologia, dos bons, zelador dos meus filhos nas infecções de garganta, estava encostado em uma grade do lado de fora com uma camisa vermelha e calça jeans e com o seu tradicional cigarro, nos cumprimentamos com toda alegria possível.
E, agora recebo a noticia de sua morte por um infarto fulminante, tendo sido encaminhado ao trauma e por quatro tentativas de reanimação, partiu para outro mundo, com certeza muito melhor que este.
Era meu amigo de longas datas e me ajudou nas dificuldades iniciais em cirurgias como meu auxiliar, não media horas e nem perguntava o porquê da madrugada.
Depois passou a caminhar com seus pés, era padrinho do meu neto e guardava entre nós uma grande amizade.
Foi operado por nossa equipe de um problema de coluna e sempre indicava entre seus familiares que nos procurasse.
Fui médico de seu filho há longo tempo quando o mesmo teve uma meningite, juntos lutamos e choramos e Deus na sua bondade nos entregou de volta seu filho.
Era uma alma boa, com seu riso maior nos fazia compreender que a alegria de uma grande amizade se faz por gestos simples e principalmente nos momentos de grande dificuldade.
Com certeza vai ao céu, pelos seus princípios básicos essenciais de bom marido, bom pai, excelente companheiro que não media esforço para fazer o bem.
Fica aqui minha saudade extensiva a toda família.”
Rafael Holanda.





Nenhum comentário:

Postar um comentário