Menu

sábado, 21 de maio de 2016

PC PRENDE DOIS IRMÃOS ACUSADOS DA EXECUÇÃO DE DOIS JOVENS EM CAMPINA GRANDE

Policiais civis da Delegacia de Homicídios em Campina Grande comandados pelo delegado Francisco de Assis Silva prenderam dois irmãos acusados de executar dois jovens no dia 30 abril/2015 dentro de uma casa na Rua Claudino Gabino de Oliveira, por trás de uma churrascaria, no Bairro Jardim Paulistano.
Josias Gomes de Lima e Rosivaldo Gomes de Lima foram presos no Jardim Quarenta e não esboçaram reação.
As prisões são preventivas.
As vítimas foram José Mikael de Andrade, 19 anos e Bento Melo de Oliveira, de 29, morados do Bairro das Cidades.

Mikael foi atingido com três tiros (cabeça, pescoço e ombro).
Bento também foi morto com três tiros (rosto, pescoço e ombro).
De acordo com as investigações policiais, a morte foi provocada por um motivo banal.
“O que conseguimos apurar é que dias antes, Mikael e Bento bebiam num onde os irmãos estariam bebendo. Um dos acusados foi urinar num determinado local, na vista das pessoas, e recebeu reclamação de uma das vítimas. Essa vítima teria dito que ‘o local era humilde, mas nem por isso deveria ser desrespeitado’. A partir daí gerou-se o conflito”, disse o delegado Francisco de Assis.
Não se tem conhecimento se neste dia ocorreu algum outro tipo de atrito para que ocasionasse este duplo homicídio.
O policial disse que “no dia do crime os acusados souberam onde Mikael e Bento estariam bebendo e incessantemente saíram à procura até encontrarem o local exato. Lá ocorreu a execução”.
Os irmãos, diz a polícia, estavam  num veículo de cor preta.
Este carro foi apreendido.
Duas crianças, uma de onze e outra de cinco anos também estavam no local.
Uma foi para debaixo de uma cama e a outro ficou embaixo de um dos corpos.
O delegado acrescentou que “os dois optaram por permanecer em silêncio alegando que só desejavam se pronunciar sobre as acusações em juízo e diante de um advogado”.
Francisco de Assis Silva concluiu dizendo que “vale ressaltar que após as prisões deles, testemunhas compareceram a Delegacia e reconheceram SEM NENHUMA DÚVIDA O ROSIVALDO E O JOSIAS COMO AUTORES DO DUPLO HOMICÍDIO QUE VITIMOU O MIKAEL E O BENTO”.
Nesta segunda-feira (23/05) eles comparecem a uma Audiência de Custódia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário