Menu

quinta-feira, 19 de maio de 2016

POLÍCIA CIVIL PRENDE ACUSADOS DE MATAR ALBERGADOS

(Rodrigo e Alif: "sem arrependimento")

(Atualizado)
O Grupo Tático Especial (GTE) e Núcleo de Homicídios da 12ª Delegacia Seccional/Esperança prenderam dois acusados da autoria de um duplo assassinato ocorrido em Remígio. 

As vítimas (Thiago Pereira e Kleber Sousa) cumpriam regime semiaberto e foram atingidas por disparos de arma de fogo, na segunda-feira (16/05).
Na ação policial, que aconteceu em Arara, foram apreendidos uma arma de fogo, uma moto e munições.
Os acusados são Rodrigo Soares da Silva, de 23 anos, e Alif Silva de Sousa, de 22.
Rodrigo confessou com frieza e disse que faria tudo novamente.
"Eu matei e matava novamente. Ele me ameaçou. Eu descarreguei um tambor e carreguei novamente. Num tô arrependido".
Alif, mais comedido, também disse que não estava arrependido.
Os acusados moram em Arara.
O real motivo do duplo homicídio está ligado ao tráfico de drogas em Arara, acredita a PC.
Os albergados foram mortos quando se dirigiam até Esperança para se recolher a cadeia.
(Por 12ªDSPC/Esperança)

4 comentários:

  1. EU NÃO PRENDERIA SE FOSSE PESSOAS DE BEM,QUE MATAM PRA SE DEFENDER DESSES LIXOS,MAS SE FOR BANDIDO TAMBÉM,QUE MORRA OU APODREÇA NA CADEIA!!!

    ResponderExcluir
  2. Esses aí fizeram um favor a sociedade, 2 a menos pra dar trabalho a polícia, dar despesas nos hospitais e nos presídios...

    ResponderExcluir