Menu

quarta-feira, 15 de junho de 2016

TRAMBIQUE NO MOTEL: MOTOTAXISTA PASSA O DIA NO MAIOR AMOR DO MUNDO, DEIXA COMPANHEIRA EMBRIAGADA E VAI EMBORA SEM PAGAR A CONTA

Sobrou para uma mulher de 34 anos de idade.
Durante o dia ela e um mototaxista entraram num motel localizado na saída de Campina Grande para Queimadas onde beberam, se divertiram e se amaram.

Consumiram muita bebida e fizeram amor como nunca.
Na história dos motéis em Campina Grande, nunca ninguém fez tanto amor quanto o mototaxista e a companheira dele.
O mundo lá fora deixou de existir.
Foi uma loucura de deixar qualquer outro casal "morto de inveja".
Nunca ninguém fez tanto amor assim!!!
O motel tremeu.
Só que o mototaxista sacaneou.
Ele a deixou embriagada e desapareceu.
Quando ela acordou, ainda desorientada, tinha uma conta de “570,00 reais” para pagar.
A mulher estava sem dinheiro e a confusão acabou na Central de Polícia.
Na delegacia, um irmão dela pagou a dívida.
A queixa não foi registrada por causa do pagamento.
A mulher é casada e já era cliente deste mototaxista e resolveu "sair" com ele.
Quando terminaram os momentos de prazer, ela teria entregue o cartão de crédito dela para o parceiro fazer o pagamento.
Só que ele não voltou e não pagou.
A placa da moto foi anotada no motel e certamente o mototaxista ficou queimado.
Ele não é cadastrado na STTP.
A ocorrência foi registrada na noite desta terça-feira (14/06).
O motel negou, mas o renatodiniz.com teve acesso ao nome do motel, da mulher casada e da profissão dela, da supervisora do motel que esteve na Central de polícia, da guarnição que esteve na ocorrência além da placa da moto.
A delegada plantonista foi Karine Lima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário