Menu

segunda-feira, 13 de junho de 2016

VIDA INTERROMPIDA: MORRE NO TRAUMA MULHER BALEADA DENTRO DE ALTERNATIVO

Gisele de Lima Araújo, 33 anos, foi enterrada na tarde desta segunda-feira (13/06) no cemitério público de Massaranduba, na grande Campina.
Sábado (11), às 15h00, a auxiliar de serviço foi baleada com um tiro na testa dentro de um transporte alternativo que seguia de Campina Grande para Massaranduba.
O crime aconteceu após uma fábrica de calçados.
Dois ladrões, ainda não identificados, cometeram o crime.
Um dos bandidos, com um revólver calibre “38”, efetuou o disparo que atingiu a mulher.
Os ladrões fugiram.
O motorista conduziu o veículo D20 até a comunidade “Chã do Marinho” onde pediu apoio em um posto da PM.
O SAMU foi acionado e socorreu a vítima para o Hospital de Trauma.
Na tarde/noite do domingo (12) ela morreu.
COMO FOI
Gisele voltava da feira central de Campina Grande com destino a Massaranduba.
Havia aproximadamente 20 passageiros na D20 (que faz transporte alternativo).
“Os caras saíram de dentro do mato e um deles foi logo atirando. O carro estava até distante... Uns 50 metros... O cara atirou no carro em movimento... Depois desapareceu... O pessoal só notou que Gisele tinha sido baleada uns 200 metros depois... O motorista seguiu para o posto de polícia estadual na “Chã do Marinho” e pediu socorro”, relatou o irmão de Gisele segundo o que disse o motorista.

4 comentários:

  1. CANALHAS MALDITOS ,E AINDA TÊM GENTE QUE DEFENDE ESSES LIXOS,SÓ NESSA ZONA CHAMADA BRASIL!

    ResponderExcluir