Menu

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

CANDIDATO A VEREADOR E FAMILIARES VIVEM MOMENTOS DE CÁRCERE PRIVADO

Na noite desta quinta-feira (29/09), às 20h30, na cidade de Tenório, no Cariri, o candidato a vereador Arthur Conserva, ao chegar na propriedade de sua correligionária e também candidata a vereadora “Kukuta”, foi cercado por pelo menos 25 motociclistas.
De maneira hostil, os condutores motos aceleravam os veículos e davam “cavalos de pau” como forma de intimidar o candidato, que teve a sorte de encontrar a porteira da propriedade aberta e entrar rapidamente.

Os motoqueiros usavam capacetes e alguns até capuzes para evitar o reconhecimento.
Eles estacionaram nos arredores da propriedade no sítio “Cachoeirinha”, se dividiram em três grupos e observavam o movimento da casa, andando de um lugar para o outro.
Foram momentos de intimidação, provocação e ameaças.
Cerca de dez pessoas ficaram confinadas na residência, numa espécie de cárcere privado.
A Polícia Militar foi acionada, flagrou um dos grupos e abordou cinco condutores que foram obrigados a deixar o local.
Arthur é filho de Adilson Conserva (PSDB), candidato de oposição em Tenório.
No relatório da PM consta que um dos membros do grupo (de motoqueiros) informou que estavam apenas fazendo "fiscalização política". 
(Redação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário