Menu

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

COMÉRCIO IRREGULAR: PC APREENDE CELULARES NO CENTRO DE CAMPINA GRANDE; TRÊS HOMENS VÃO RESPONDER POR RECEPTAÇÃO

Policiais da DIJ e DRCCIJ deflagraram no final da manhã desta sexta-feira (09/09) uma operação policial tendo como alvo um comércio clandestino de venda de produtos de origem criminosa, sendo apreendidos mais de 20 aparelhos celulares, câmeras digitais, anéis e brincos.

A ação foi em frente ao antigo Cine Capitólio (que nestes dias pode desabar).
No local indicado, os produtos expostos à venda não tinham nota fiscal.
Três pessoas foram conduzidas à Central e vão responder por receptação.
Uma delas ainda vai responder por sonegação fiscal.
Os policiais das duas delegacias da infância chegaram ao comércio após o roubo de um celular.
Os agentes investigaram e descobriram que o produto do roubo tinha sido adquirido no local.
Essa ação foi coordenada pela delegada Nercilia Dantas.
(Redação com informações da PC/Campina Grande)

8 comentários:

  1. É incrível a quantidade de celulares roubados em CG,o destino todos sabem mais ninguém faz nada

    ResponderExcluir
  2. É incrível a quantidade de celulares roubados em CG,o destino todos sabem mais ninguém faz nada

    ResponderExcluir
  3. Todos sabem que quase todos os celulares do antigo capitolio são roubados.

    ResponderExcluir
  4. Tem que expulsar esses delinquentes daí. Pois é vergonhoso isso.acabar de vez com esse ponto comercio irregular,fraudulento e ilegal.

    ResponderExcluir
  5. Tem que expulsar esses delinquentes daí. Pois é vergonhoso isso.acabar de vez com esse ponto comercio irregular,fraudulento e ilegal.

    ResponderExcluir
  6. Só uma dica: vão na feira da prata no próximo domingo que vocês vão voltar com a mala da viatura cheia de celulares, relogios, tvs, som, bicicleta roupas, tenis até arma e maconha tem lá pra vender,todo mundo sabe que aquilo ali é o maior mercado negro de campina e não sei porque ninguém toma providências.

    ResponderExcluir
  7. bom dia para todos que estão nessa nos acompanhando.vou deixar uma obs.até comercio de sandália e roupa sem nota fiscal.

    ResponderExcluir
  8. Não sou contra a venda de roupas e sandálias, mas sim contra a venda de produtos roubados... 2 situações distintas. Quem trabalha tem direito a conseguir o pão de cada dia.

    ResponderExcluir