Menu

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

"SOBRE MENINOS E LOBOS": 17 ACUSADOS DE ESTUPRO JÁ FORAM PARA A CADEIA ESTE ANO EM CAMPINA; AS VÍTIMAS FORAM CRIANÇAS


Este ano a Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância e Juventude em Campina Grande mandou para o Presídio Provisório 17 acusados de estupro.
Ao mesmo tempo já foram instaurados 35 inquéritos policiais para investigar estupro de “vulnerável” contra criança ou adolescente.
A delegacia trabalha em constante silêncio para preservar a identidade das crianças.

No úlltimo dia 14 o agentes da DRCCIJ prenderam um homem identificado por "Cleison", morador da zona oeste.
“Ele é acusado da pratica de estupro de vulnerável, tendo por vítima uma criança de 09 anos de idade, fato ocorrido no último mês de agosto.
Consta na investigação que ele aproveitando-se da ingenuidade do garoto, que inclusive toma medicamentos controlados, levava a vítima para o matagal obrigava o menor a praticar sexo oral e depois chegou a manter conjunção anal com a criança, comprovado mediante exame pericial, sob o pretexto de pagar quantia em dinheiro.
O fato só foi descoberto depois que a vítima começou a comentar com colegas de sala que confidenciaram os abusos a mãe dele.
Como se isso não bastasse o acusado já era investigado pela DRCCIJ por ter violentado sexualmente seu próprio filho, de apenas 03 anos, fato ocorrido no dia 08/04/2016”. (PC Campina Grande)
Mas qual é a aparência de um estuprador ou pedófilo?
Qual o comportamento dessa espécie?
Certamente são perguntas complicadas para se responder.
É obvio que eles têm características próprias: são lobos escondidos na pele de cordeiro.
As vítimas são seus próprios filhos, filhos dos vizinhos, filhos dos familiares, enteados...
As vítimas são crianças indefesas.
Porém muitas vezes estas vítimas têm contra si a conivência e o silêncio dos próprios familiares.
O silêncio nestas situações deixam sequelas irreparáveis.
Uma criança não merece isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário