Menu

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

PC DESVENDA CRIME DE ADOLESCENTE QUE FOI MORTO A PAULADAS E PEDRADAS; ELE ERA SUSPEITO DE ESPANCAR A MÃE

Policiais civis em Alagoa Grande e Juarez Távora desvendaram nesta quarta-feira (19/10) um homicídio em que a vítima, Cleudson Eusébio, o “tito”, de 15 anos, foi assassinada a pauladas e pedradas.

O crime ocorreu no último dia 23 de setembro em Juarez Távora, no Agreste.
“Tito” era usurário de drogas, devia aos traficantes e era suspeito de espancar a própria mãe Rosilene Ferreira.
Ela, inclusive, morreu poucos dias antes do filho.
De acordo com investigações da equipe do delegado Danilo Orengo (titular de Alagoa Grande, no Brejo) a morte de “tito” foi encomendada  pelo presidiário Ronaldo do Nascimento Venâncio, 19 anos, que se encontra no Presídio João Bosco, em Guarabira.
Os executores foram Erasmo Gomes de Andrade Gonçalo, Saulo Wesley Pereira Barros, ambos também de 19, e José Paulo da Silva, de 20.
Saulo foi preso na semana passada pela PM por furto qualificado.
Todos responderão pelo crime de homicídio qualificado, porém Ronaldo, José Paulo e Erasmo vão responder ainda por tráfico de drogas, além de associação criminosa.
Erasmo Gomes e José Paulo se encontram foragidos
O assassinato de “tito” estaria relacionado às dívidas com os traficantes e por causa das agressões contra a própria mãe.
No Atestado de Óbito consta que Rosilene Ferreira morreu em decorrência de problemas causados por doenças, porém moradores acreditam que a verdadeira causa da morte tenha sido espancamento.
O delegado Danilo Orengo aguarda o Laudo Cadavérico para tirar essa dúvida.
(Redação com PC Alagoa Grande/8ªDSPC/Guarabira)
Foto de capa: Daniela Pimentel

Nenhum comentário:

Postar um comentário