Menu

terça-feira, 1 de novembro de 2016

ACUSADO DE ESTUPRO PODE TER VIOLENTADO MAIS DE VINTE MULHERES

Durante entrevista coletiva na polícia civil em Esperança, onde foi apresentado, Iremar Albuquerque Alves Negreiros, de 41 anos, preferiu não se estender nas respostas aos jornalistas.

Ele é acusado uma série de estupros nos últimos seis meses em nove cidades da região de Campina Grande (Puxinanã, Montadas, Areial, Pocinhos, Lagoa Seca, Matinhas, São Sebastião de Lagoa de Roça, Esperança e Remígio).
De acordo com a polícia o caminhoneiro de Puxinanã, que é casado e pai de dois filhos, confessou cinco estupros, mas ele foi reconhecido por 14 mulheres.
É possível ainda, segundo a polícia, que o número de vítimas chegue a 23 ou mais.
Ele foi preso na noite desta segunda-feira (31/10) pela PM em Esperança após tentar estuprar uma mulher.
Durante a entrevista nesta terça-feira (01/11) estiveram presentes as delegadas Simone Lacet, Socorro Silva e Herta França, além do superintendente Luciano Soares.
“O perfil de Iremar é de um homem frio, dissimulado, cruel e insaciável. Ele não pode e não deve conviver com a sociedade. Um homem agressivo e que gostava de ver as vítimas sofrerem”, disseram as policiais.
As delegadas esperam o comparecimento de outras mulheres que foram vítimas de estupros nos últimos meses.

7 comentários: