mj

mj

terça-feira, 10 de maio de 2016

ACUSADOS DE ROUBAR CARRO SÃO PERSEGUIDOS, CAPOTAM VEÍCULO E ACABAM PRESOS

Michael Platini, 25 anos, e Jéferson Silva, de 20, foram presos em flagrante após uma perseguição policial que começou no Centro de Campina Grande e só acabou no sítio “Cardoso”.
Eles são acusados de roubar um veículo Cruze de cor cinza de um casal às 11h30 desta terça-feira (10/05) no Bairro do Catolé.
As vítimas estavam chegando numa casa de festas para deixar umas encomendas quando surgiram os dois homens que armados com revólveres tomaram o carro.

PM PRENDE ACUSADOS DE ASSALTAR PROFESSOR

A PM prendeu por volta do meio-dia desta terça-feira (10/05), no Bairro Santo Antônio, em Campina Grande, dois acusados de assaltar um professor.
São eles: Daniel Silva Costa, 28 anos, e Emerson Aureliano de Lima, de 18.

PC PRENDE ACUSADO DE INCENDIAR CARROS

O Núcleo de Repressão a Entorpecentes em Campina Grande prendeu na tarde desta terça-feira (10/05) nos bairros Dinamérica e José Pinheiro, Jeferson Lucas, o "luquinhas", Iranilda Luna e Tatiane Santana.
O trio é acusado associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo.

PC DESVENDA ASSALTOS EM AUTOESCOLA, ÓTICAS E JOALHERIA EM CAMPINA GRANDE

A Delegacia de Roubos e Furtos em Campina Grande, conclui inquérito policial que aponta a participação de Rodrigo Martins, Anderson Felipe e Alexandro Barbosa em assaltos a duas  autoescolas, óticas, joalherias, e, na última quinta-feira, assaltaram a lojas Riachuelo.

BANDIDOS INVADEM ESCOLA PELA SEGUNDA VEZ EM MENOS DE UMA SEMANA

Na noite desta segunda-feira (09/05) escola estadual Marechal Almeida Barreto, em Juazeirinho, no Cariri, foi invadida pela segunda vez em menos de uma semana.
Um áudio gravado por uma professora e que circula em vários grupos do whatsapp retrata o clima de pânico vivido pelos alunos e professores na escola.

HOMEM É ASSASSINADO POR "AMIGO" EM CAMPINA GRANDE

Por volta das 22h30 desta segunda-feira (09/05) um homem foi morto com um golpe de “objeto perfuro contundente” no coração.
Testemunhas informaram que o assassino usou a “ponta” de um guarda-chuva para cometer o crime, porém o IPC ainda não confirmou que este objeto pode ter sido a “arma” utilizada.