segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

ACIDENTES NA BR 230 EM CAMPINA DEIXAM UM MORTO E TRÊS FERIDOS

Dois graves acidentes na tarde deste domingo (08/01) na BR 230 deixaram três pessoas feridas e uma morta.
Por volta das 15h00 em São José da Mata, dois primos se envolveram numa colisão e um deles acabou morrendo.

Eles estavam numa moto e tentaram cruzar a pista para entrar numa Rua, porém bateram de frente com um micro-ônibus.
O motorista ainda tentou evitar a batida, mas não deu tempo.
Marcas da frenagem ficaram no asfalto.
Um dos garotos chegou a bater com a cabeça na haste de uma placa de sinalização.
Arthur Larcerda e Mateus Souza, ambos de 17 anos, foram socorridos para o Hospital de Trauma, mas Arthur acabou morrendo.
(Artur)
De acordo com um tio dos adolescentes, Sérgio Marques, em entrevista a Patrulha da Cidade/TV Borborema, eles não usavam capacetes.
No local do acidente, populares realizaram massagens cardíacas nas vítimas à espera do socorro.
Já por volta das 18h00 na Alça Sudoeste, na entrada do Bairro Mutirão, a colisão foi entre uma carreta, com placas de João Pessoa, e um carro onde estava um casal que mora em Pocinhos.
O carro foi parar numa ribanceira e a carreta subiu o meio-fio.
Leodoro Quirino Dantas, de 53 anos, e Celiana de Andrade Costa, de 30, saíram feridos gravemente e encontram-se internados no Hospital de Trauma.
O veículo deles (um Ford KA) ficou completamente destruído.
O carreteiro Janilson dos Santos, disse que estava vindo de Sumé, no Cariri, e descia a ladeira em velocidade baixa, quando de repente foi surpreendido pelo carro invadindo sua faixa.
Foi muito rápido. De repente eu vi aquele carro cruzando a pista e eu só tive tempo de fazer uma manobra brusca, subir o meio-fio e livrar a batida de frente”, acrescentou o motorista em entrevista na Patrulha da Cidade/TV Borborema.
A agilidade dele evitou uma tragédia.
O trânsito no local ficou lento por cerca de duas horas.
As polícias rodoviária federal e militar controlaram o fluxo de veículos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário