quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

ASSASSINATOS DE SEGUNDA-FEIRA NA RAMADINHA E BODOCONGÓ ESTÃO RELACIONADOS: “FOI TRIPLO HOMICÍDIO”, DIZ DELEGADA

A delegada Tatiana Barros afirmou que a morte do jovem Sandro Belarmino está relacionada ao duplo homicídio que vitimou os irmãos Marcelo e Marcelino.
Os crimes ocorreram na noite da segunda-feira (09/01) nos Bairros Bodocongó e Ramadinha.

Sandro, segundo a delegada, apontou a casa dos irmãos e acabou morto como queima de arquivo.
A delegada disse que na verdade se trata de um “triplo homicídio” verificado nos dois bairros.
Os crimes têm relação sim; sem sombra de dúvidas. Pelos levantamentos preliminares que a nossa equipe fez, o Sandro (que foi a vítima encontrada na Ramadinha) foi que apontou às vitimas (Marcelo e Marcelino) para os executores e posteriormente ele foi executado. Foi queima de arquivo. O Sandro levou os executores as duas primeiras vítimas”, definiu a delegada.
E a partir daí: como é que vai ser essa investigação?
Nós estamos trabalhando em cima da vitimologia²* para poder delinear com firmeza a motivação do crime, embora já se fortaleça paulatinamente algo relacionado à drogas, para que a gente possa analisar os amigos e os inimigos e quem queria a morte dessas pessoas. Nós vamos trabalhar minunciosamente no caso”.
Tatiana enfatizou que um dos irmãos mortos não tinha nenhum envolvimento com atividade ilícita, “era uma pessoa tranquila e trabalhadora”.
ENTENDA
Na noite da segunda-feira foram registrados três homicídios em Campina Grande.
Os crimes ocorreram na região oeste da cidade entre 20h00 e 20h30.
Em um duplo homicídio, dois irmãos foram mortos.
Na Rua Elias Fialho Araújo, em Bodocongó, os irmãos Marcelo Pereira de Lima, de 36 anos, e Marcelino Pereira de Lima, de 45, foram assassinados com tiros de espingarda calibre “12” e de outro tipo de arma.
Um deles morreu na frente da casa onde morava e o outro no terraço.
Marcelo sofreu um disparo no rosto e Marcelino vários disparos no tórax.
Já na Avenida Plínio Lemos, na Ramadinha, Sandro Belarmino de Figueiredo, 20 anos, foi encontrado morto com um disparo na cabeça.
Ele morava na Rua Adelino de Melo, em Bodocongó.
Informações preliminares dão conta de que um carro passou no local e os ocupantes jogaram o corpo na via.
(Redação com TV/Borborema)
1*O conteúdo desse texto tem como base a entrevista da delegada Tatiana Barros, na Patrulha da Cidade/TV Borborema desta quarta-feira (11/01), bem como informações da PM captadas nos locais dos homicídios.
2*Vitimologia: ramo da criminologia que estuda a personalidade das vítimas de crimes ou delitos e seu estatuto psicossocial, além dos efeitos psicológicos nelas provocados pelo crime de que foram alvo; Teoria segundo a qual a(s) atitude(s) da própria vítima pode(m) motivar o crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário