sábado, 14 de janeiro de 2017

PC PRENDE ACUSADO DE MATAR AGRICULTOR “POR VINGANÇA”

A polícia civil prendeu um jovem de 27 anos, acusado de assassinar um agricultor, de 61.
O crime aconteceu na noite de 08 de novembro de 2014 na comunidade “Chã da Barra de Baixo”, em Aroeiras, mas o corpo foi encontrado por volta das 06h00 do dia seguinte.  

A vítima foi morta com golpes de faca.
A prisão, realizada por policiais do Núcleo de Homicídios da 11ªDSPC/Queimadas, ocorreu nesta sexta-feira (13/01) em Natuba, no Agreste.
O acusado é Tiago José de Araújo.
Contra ele havia um Mandado de Prisão por “Homicídio Simples”.
A vítima foi Antônio Feliciano da Silva, conhecido como "Antônio Pitanga".
Tiago foi preso em casa e a PC ainda localizou a arma do crime.
O Mandado de Prisão foi expedido no último dia 09 e cumprido quatro dias após a sua publicação.
Sobre o caso, o renatodiniz.com entrou em contato com o delegado Vitor Melo (Núcleo de Homicídios/11ªDSPC/Queimadas).
O policial falou que “alguns meses antes, vítima e acusado tinham brigado em um bar e a vítima (‘Antônio Pitanga’) tinha deferido uma facada na perna no acusado. A partir desse dia Tiago prometeu ‘pegar’ a vítima”.
Essa afirmação do delegado Vitor tem como base depoimentos de todas as testemunhas que estavam no local e com o acusado no dia em que houve a confusão.
É bom ressaltar que essa investigação contou com a colaboração crucial dos policiais em Natuba”.
O DIA DO HOMICÍDIO DE “ANTÔNIO PITANGA”
No dia do crime, por exemplo, o acusado estava numa moto e visualizou o agricultor, foi ao encontro dele e o esfaqueou.
Testemunhas disseram que ainda insistiram para ele não fizesse aquilo, mas de nada adiantou.
Algumas testemunhas, disse o delegado Vitor, foram ameaçadas por Tiago.
O crime foi premeditado, pois o acusado ficou arquitetando o dia de se vingar, esperança a oportunidade até que cruzou com a vítima, que vinha sozinha na estrada”, concluiu o policial.
O CRIME
No dia 09 de novembro/2014, por volta das 06h00, policiais da 3ªCIPM localizaram um corpo nas imediações de uma unidade de saúde e uma igreja evangélica na comunidade “Chã da Barra de Baixo”.
Tratava-se do agricultor Antônio Feliciano da Silva, de 61 anos.
Havia no corpo três ferimentos provocados por faca.
Os golpes foram no umbigo, no tórax e costas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário