Menu

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

QUANDO UMA VIDA HUMANA VALE MENOS QUE GARRAFAS PLÁSTICAS. ENTENDA O CASO

Uma equipe da Policia Rodoviária Federal avistou um Fiat Strada trafegando na BR 230, em São Mamede, Sertão da Paraíba, e resolveu para-lo.
Parecia ser mais uma abordagem igual a tantas outras; um cidadão viajando com tudo em ordem.
Mas não foi o que ela encontrou na manhã de hoje (10/01).

Ao se aproximarem do carro os policiais logo perceberam que não havia espaço sobrando no interior do mesmo, devido ao excesso de garrafas plásticas que eram transportadas.

E o pior, havia uma criança que viajava no assoalho do motorista; comprimida entre as pernas do mesmo e sem qualquer proteção.
Os agentes perguntaram quem era a criança e o porquê dela estar sendo transportada de maneira subumana.
O condutor disse que era o seu filho e que ele estava ali por falta de espaço.
Mas a história não acabou aí.
Depois de vistoriar o carro os PRFs descobriram que o veículo era roubado.
Foram encontradas várias alterações na numeração do chassi e em outros locais de identificação.
As placas eram frias; o Strada era um clone.
O motorista foi autuado na Delegacia da Polícia Civil pelo crime de receptação de produto de roubo. 
(ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL/PRF)

Nenhum comentário:

Postar um comentário