domingo, 1 de janeiro de 2017

UM HOMICÍDIO NA PRIMEIRA HORA DE 2017; TRAUMA TAMBÉM REGISTRA TIROS E FACADAS

Por volta de 01h00 deste domingo, 1º de janeiro, foi registrado o primeiro homicídio na Paraíba em 2017.
O crime ocorreu no Bairro Bela Vista, em Boqueirão, segundo os levantamentos da PM.

A vítima trata-se de Paulo Leite Souza, 44 anos, que morava na Rua Tereza de Oliveira Costa, no mesmo bairro onde ocorreu o assassinato.
Ele foi morto com quatro tiros.
Os disparos o atingiram no tórax.
O SAMU ainda realizou procedimentos de socorros até o Hospital de Trauma em Campina Grande, mas ele não resistiu.
O acusado, que fugiu, é o ex-companheiro da nora de Paulo Leite.
Antes, as 22h30, do sábado (31/12/2016) Maria do Socorro Silva, de 43 anos, foi atingida com um disparo na perna.
Ela mora na Rua Salvador, no Bairro Três Irmãs.
Dois desconhecidos pararam em frente a casa dela, a chamaram, ele saiu e  um deles efetuou o disparo.
A dupla fugiu a pé.
No Hospital de Trauma foram registradas outras ocorrências “de tiros e facadas” durante a madrugada.
Anderson Gadelha, de 22 anos, foi esfaqueado e é de Catolé do Rocha, no Alto Sertão.
Ele chegou às 04h00;
Cézar Augusto, também é sertanejo de Manaíra.
Tem 22 anos e foi vítima de golpes de faca;
Rejane Martins da Silva, 42 anos, é da Ramadinha, em Campina Grande, foi ferida com golpes de faca.
Edvaldo Bezerra da Silva, de 25 anos, mora na Rua José do Patrocínio, no São José em Campina Grande, também foi esfaqueado.
Outro registro no Trauma dá conta de um casal que foi baleado.
O crime ocorreu por volta de 01h40.
Maria Luzia Paiva, de 17 anos, moradora do “Colinas do Sol”, na zona oeste de Campina, foi atingida com quatro disparos.
Já Gabriel Nascimento Silva, de 21, sofreu um tiro no abdome.
Ele mora nas Malvinas.
(Por www.renatodiniz.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário