terça-feira, 14 de março de 2017

PRESO PELA PM COM MACONHA É ACUSADO DE HOMICÍDIO NA ZONA LESTE

(Atualizado)
Policiais da ROTAM em Campina Grande apreenderam no final da tarde desta segunda-feira (13/03) 500g de maconha em poder de um acusado de homicídio.
Além da droga, ele portava um celular.

Samuel dos Santos Silva, de 19 anos, foi preso numa “vila de quartos” na Rua Amaro Coutinho, no Bairro José Pinheiro.
A PM realizava rondas e algumas pessoas ao avistarem a viatura se dispersaram.

Esta atitude chamou a atenção da guarnição.
A droga foi encontrada dentro de uma geladeira e Samuel foi preso em flagrante.
Na DISP – Delegacia Integrada, para onde foi levado, constatou-se que havia contra ele um Mandado de Prisão Preventiva por crime de homicídio.
Samuel “ninim” é acusado da morte de Rafael Costa Santos Pereira
A partir daí a Delegacia de Homicídios deu cumprimento ao Mandado. 
O CRIME
Rafael Costa Santos Pereira, 20 anos, albergado, foi assassinado na noite quarta-feira (09/11/2016) em um Beco da Rua Maximiano Machado, no Bairro José Pinheiro, em Campina Grande.
Ele foi morto com quatro tiros de revólver na cabeça.
Rafael era irmão de Felipe Costa de Lima, o "feijão", de 13 anos, que foi assassinado a tiros dentro do complexo Plínio Lemos, no Bairro José Pinheiro no dia 05 de janeiro deste ano.
O delegado Francisco Assis Silva informou que o motivo do crime foi o tráfico de droga no local.
A polícia também investiga a participação de Samuel na morte do adolescente "feijão", irmão de Felipe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário