segunda-feira, 17 de abril de 2017

RACIONAMENTO EM CAMPINA GRANDE DEVE SER REDUZIDO, PREVÊ CAGEPA

O racionamento de água em Campina Grande deve ser reduzido a partir desta semana, conforme a chegada das águas da Transposição do Rio São Francisco no espelho d’água do Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão.

De acordo com a previsão da gerência regional da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), o fornecimento vai ser ampliado em quase um dia para as zonas 1 e 2.
As águas da transposição chegaram à bacia hidrográfica do açude na madrugada da quarta-feira (12/04).
Segundo Ronaldo Meneses, gerente regional da Cagepa, o órgão foi autorizado a prorrogar o abastecimento da zona 2 e antecipar o fornecimento da zona 1.
Com a mudança, o fornecimento de água na zona 1 vai passar a se iniciar no fim das tardes de domingo e a zona 2 vai passar a receber água até as manhãs de domingo.
No modelo atual de racionamento, o abastecimento da zona 1 começa na segunda-feira e finaliza na quarta-feira. Já a zona 2 recebe água da quinta-feira até o sábado.
Ainda de acordo com o gerente, o racionamento só vai ser encerrado quando o açude atingir aproximadamente de 8,2% da capacidade total, saindo assim do volume morto.
Segundo os dados da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), o açude Epitácio Pessoa tem capacidade para armazenar 41.686.287 metros cúbicos de água, mas atualmente está com 12.239.445, o que corresponde a 3% do volume total.
O racionamento na região abastecida pelo açude começou em 6 de dezembro de 2014, quando o manancial estava com 24% do volume.
O açude entrou no volume morto em 18 de junho de 2016 ao atingir a marca de 8,22%, o que corresponde a 33,875 milhões de metros cúbicos de água.
O volume morto é considerado quando o nível do açude fique abaixo do sistema de captação convencional, por meio de gravidade.
(Por G1 PB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário