quarta-feira, 10 de maio de 2017

ESCLARECIDO MAIS UM HOMICÍDIO EM CAMPINA, DIZ PC; CRIME OCORREU NO ANO PASSADO E JOVEM FOI MORTO COM GOLPES DE TACO DE BASEBOL

A Delegacia de Homicídios em Campina Grande prendeu dois homens acusados da morte de um jovem ocorrida no ano passado.
A vítima foi Íthalo Tiago de Brito Fernandes, que tinha 25 anos.
O corpo dele foi encontrado em estado de decomposição num matagal no Bairro Mutirão.
O laudo da perícia apontou que o crime foi qualificado por ter sido praticado com requintes de crueldade, estando à vítima com as mãos amarradas, com crânio possivelmente atingido por vários golpes de um taco de beisebol (cujo resquício foi encontrado junto ao corpo da vítima) que chegou ainda a ser parcialmente incendiado naquele local”, informou a delegada Ellen Maria.
Foram presos em caráter temporário Thiago Veríssimo e Orlean Everton.
As prisões foram determinadas pelo 1ºTribunal do Júri.
Em entrevista concedida a Patrulha da Cidade/TV Borborema, a delegada Ellen Maria disse que o crime foi motivado por sérias desavenças.
Na verdade a vítima tinha problemas anteriores com eles dois (principalmente com Orlean), pois houve um problema envolvendo a vítima e Orlean, aonde chegou a ocorrer agressões físicas. Ele disse que a vítima teria tentado agredi-lo com uma faca e Orlean conseguiu tomar a arma, imobilizou Íthalo e ainda aplicou-lhe uns tapas. A partir daí criou-se animosidades”.
Ellen Maria concluiu afirmando que “o que a gente pode afirmar com toda firmeza é que existia um desafeto entre a vítima e os  dois. Principalmente com o Orlen por este problema anterior”.
O CASO
O corpo de Ithalo Thiago de Brito Fernandes, que morava no Bairro Araxá, foi encontrado em um matagal no Bairro Mutirão, nas imediações de uma estrada de acesso ao sítio Capim Grande, em Campina.
O corpo estava em estado de putrefação e envolto em lençóis.
Ao lado havia um taco de basebol.
O achado foi por volta das 06h20 do dia 11 de maio, após uma ligação anônima.
Ithalo foi morto em outro local e teve o corpo desovado no matagal.
Ele estava desaparecido desde o dia 04 de maio.

Um comentário:

  1. Ele era meu amigo, podia ter os defeitos dele mas nem ele nem ngm merece uma morte daquela...

    ResponderExcluir