sábado, 17 de junho de 2017

OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL APREENDE 20 VEÍCULOS DE LUXO EM CAMPINA. ENTENDA

Uma ação da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande apreendeu em uma oficina irregular, localizada na Rua Sergipe, Bairro da Liberdade, dezenas de veículos, dentre eles, vários importados, como quatro BMWs e três Mercedes.

Os veículos foram adquiridos em leilões do Detran de Pernambuco e mesmo com a condição de “sucata” (veículo baixado), eram recuperados na oficina, e colocados à venda, voltando a circular, normalmente.
O esquema priorizava os carros importados.
O proprietário do estabelecimento foi autuado por crimes contra a ordem tributária, sendo investigado ainda por crime receptação. As diligências continuarão, em trabalho integrado entre os Estados da Paraíba e Pernambuco.

(Redação com DRE Campina Grande)

15 comentários:

  1. As seguradoras não dão baixa no Detran (máfia das seguradoras). O veículo é adquirido como sucata apenas nos leilões, mas a baixa não consta no Detran. Como o pau que bate em Chico não bate em Francisco, o proprietário da oficina será processado, enquanto as seguradoras continuam burlando as leis deste país. Punição para todos!

    ResponderExcluir
  2. deve ser a aquele rapaz vizinho a arrazo equipadora na liberdade.

    la e cheio de honda Civic BMW.

    ResponderExcluir
  3. O que tem a ver uma coisa com a outra? A informação tá errada, carro que é vendido em leilão como sucata, serve como desmanche, nada de errado, mas você também pode arrematar carro com pequena monta, recuperável no DETRAN sem problema nenhum, acho que aí foi só pra queimar o nome do cara mesmo, tem muita gente em CG que não pode ver ninguém crescendo. Quero ver provar que os carros são roubados ou irregulares

    ResponderExcluir
  4. Verdade cara nois compra carro batido com média nota e pra fica mais barato o serviso compramos sucata pra retire as peças pois todos bem com nota e documentos. Esse reportagem está errada .será que breve quando for esclarecido vao volta la pra fazer a reportagem pedindo desculpa ao rapaz

    ResponderExcluir
  5. Verdade cara nois compra carro batido com média nota e pra fica mais barato o serviso compramos sucata pra retire as peças pois todos bem com nota e documentos. Esse reportagem está errada .será que breve quando for esclarecido vao volta la pra fazer a reportagem pedindo desculpa ao rapaz

    ResponderExcluir
  6. Mania que esses redatores e o povo em geral tem de achar que esses modelos de BMW e Mercedes ainda são importados. São fabricados aqui e há algum tempo - BMW em Santa catarina e Mercedes em São Paulo, sendo até já montado aqui o insosso GLA. Quanto ao rapaz, é aquele mesmo da Almirante Barroso. Esperamos agora que com esse breque ele deixe de bagunçar o trânsito naquela via, coisa que a STTP sempre fez vistas grossas, sabe-se lá por quê!!!

    ResponderExcluir
  7. Foram vendidos no Detran-PE em condição de sucata, se assim foi logo sabe-se que o veiculo não pode voltar para circulação.A reportagem é bem clara.O cara ta errado e pronto.

    ResponderExcluir
  8. São todos veículos de seguradoras..
    Esses automóveis saíram do Coliseum leilões. Só consta a condição de sucata nos documentos da empresa responsável pelo leilão. Nenhum desses veículos estão com baixa no Detran-pe.

    As seguradoras não dão baixa nos documentos dos veículos, visando obter um lucro maior na venda destes veículos através dos leilões.

    Claro que no meio de tudo isso, eles também recuperam veículos com baixa e fazem a revenda irregular.

    ResponderExcluir
  9. Falta fiscalização a esses empresas que promovem os leilões.
    O MP deveria entrar no caso e acabar com essa prática criminosa que as seguradoras e empresas de leilão comentem.

    ResponderExcluir